Sebrae-PB confirma morte cerebral de Júlio Rafael e já programa translado

Célio Furtado | 05:43 | 0 Comentários

Partilhar

A diretoria do Sebrae Paraíba, com total assistência do Sebrae Nacional, já adianta os trâmites necessários

O Sebrae-PB emitiu nota no inicio da noite deste domingo confirmando informação publicada pelo Portal WSCOM, que o superintendente do órgão na Paraíba, economista Júlio Rafael, teve morte cerebral confirmada pela equipe médica que o assiste no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ainda segundo a Nota, a equipe médica do Hospital não emitiu boletim oficial, mas a diretoria do Sebrae Paraíba, com total assistência do Sebrae Nacional, já adianta os trâmites necessários.
Confira a nota na íntegra:
Nota Júlio Rafael

O superintendente do Sebrae Paraíba, Júlio Rafael, teve morte cerebral confirmada e informada neste domingo (2) à sua família pela equipe médica do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo . O economista estava internado no hospital desde o dia 17 de abril para tratamento de câncer de pulmão que foi diagnosticado após ele passar mal durante um evento do Sistema Sebrae, em São Paulo.

Durante a internação, ele foi submetido à radioterapia, além de cirurgias para retirada de nódulos no cérebro. Ele tinha iniciado as sessões de quimioterapia esta semana e se encontrava estável, porém na madrugada deste domingo o estado de saúde se complicou em virtude de uma convulsão. A equipe médica do Hospital não emitiu boletim oficial, mas a diretoria do Sebrae Paraíba, com total assistência do Sebrae Nacional, já adianta os trâmites necessários.

Júlio Rafael foi eleito superintendente do Sebrae Paraíba em 2007 para um mandato de dois anos e foi reeleito para o biênio 2009-2010. Houve ampliação dos mandatos do sistema Sebrae para quatro anos e ele se candidatou novamente, se elegendo para o quadriênio de 2011-2014.

Durante suas gestões, o Sebrae ampliou fortemente sua atuação para atender os empreendedores individuais, uma nova categoria que permitiu cidadania empresarial para mais de 40 micro negócios informais na Paraíba. Júlio defendia amplamente a regulamentação municipal da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa que afirmava ser “uma legislação extraordinária, capaz de ampliar o papel da micro e pequena empresa na geração de trabalho e renda em nosso estado”.

Júlio Rafael tinha 58 anos, era formado em Economia pela UFMT e especialista em História Econômica da América Latina. Foi gerente de Planejamento da Agência de Desenvolvimento do Nordeste (Adene), entre dezembro de 2003 e dezembro de 2006; assessor de Planejamento Orçamentário da Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa (janeiro de 2001 a novembro de 2003); além de vereador de João Pessoa (PB) no mandato janeiro de 1997 a dezembro de 2000.
Transcrito do WSCOM

Category:

0 Comentários

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!