A mais nova pesquisa eleitoral na Paraíba revela sinais de movimentação nas intenções de voto para governador na disputa deste ano. Entre os dias 10 e 14 de abril, o Instituto Múltipla ouviu 1.000 eleitores em todo o Estado e constatou que a diferença entre o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o governador Ricardo Coutinho (PSB) caiu para 13 pontos percentuais, registrando leve subida do socialista em comparação com as pesquisas divulgadas recentemente por outros institutos.

Na pesquisa da Múltipla, contratada pelo portal Paraiba.com.br e registrada no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba sob o número 00006/2014, o senador Cássio aparece com 39,40% da intenção de votos e o governador Ricardo Coutinho com 26,40%, na pergunta estimulada. O ex-prefeito Veneziano Vital do Rego, do PMDB, soma 10,20% dos entrevistados.

A parcela do eleitorado que se declarou indecisa atinge 13.80%. Os que disseram que desejam votar em branco ou anular o voto somam 10.20%. A margem de erro é de 3,2%.

O portal Paraíba.com.br divulgará os números pela corrida ao Senado Federal, presidente da República e avaliação do governo.

O Instituto Múltipla está no mercado desde 2009, atuando em Pernambuco, Alagoas, Bahia e Paraíba. Além de pesquisas, o portal Paraíba vai acompanhar passo a passo as eleições de 2014, realizando entrevistas com os candidatos e cobrindo os debates a serem realizados pela Arapuan FM e pela TV Arapuan.

Com Paraiba.com
A Obstetra do ISEA, Drª Claudia Bianka fez um desabafo em sua rede social sobre a negligencia no atendimento na saúde de Cuité, segundo a obstetra, ninguém no hospital municipal de Cuité atendeu uma grávida em trabalho de parto e encaminharam direto para Campina Grande, infelizmente chegando a óbito o bebê pela falta de atendimento a mãe a tempo de ter ser filho com vida. 

CONFIRA A DENUNCIA FEITA PELA DRª CLAUDIA

Então vamos lá...para quem ainda quer falar mal do ISEA...

Hoje por volta das 10:00h uma paciente que mora na cidade de Cuité na Paraíba, grávida com 36 semanas apresentou uma dor na barriga, chamou a mãe que achou que fosse por causa do tempo de gestação, saiu do quarto da filha e pouco depois escutou a filha gritando e quando chegou a moça estava sangrando, sangue correndo pelas pernas...chamou o SAMU e foram levadas para o Hospital da cidade...NINGUÉM no Hospital sequer saiu para ver a paciente e mandaram que a trouxessem para Campina Grande...
Só para constar, sangramento abundante nesta fase da gestação com dor, fala a favor de DPP (Descolamento Prematuro de Placenta) que qualquer estudante de medicina sabe que é uma URGÊNCIA OBSTÉTRICA...
Só para constar, a distância entre Cuité e Campina Grande é de 114km...
Como a paciente NÃO FOI ATENDIDA em Cuité o SAMU se dirigiu a Campina Grande, porém parou em outra cidade chamada Barra de Santa Rosa para trocar de ambulância porque precisavam da primeira ambulância para uma ocorrência...mais tempo perdido...e olha, qualquer minuto em um DPP pode significar mais área de placenta descolada e mais risco de morte do bebê...mas isso qualquer estudante de medicina também já sabe...
Depois de trocarem de ambulância finalmente resolveram seguir para Campina Grande mais precisamente para o ISEA...
Quando a paciente chegou ao ISEA às 13:00h foi IMEDIATAMENTE conduzida para a emergência (triagem) onde, pasmem...NÃO FOI ESCUTADO BATIMENTO DO BEBÊ...a paciente então foi conduzida IMEDIATAMENTE ao centro cirúrgico para ser submetida a uma cesariana de URGÊNCIA...o bebê infelizmente estava MORTO...placenta estava em mais de 60% de sua área descolada, mas felizmente o útero contraiu adequadamente (não fez o que chamamos de útero de Couvelaire)...
O óbito do bebê havia ocorrido recentemente, a pediatra nada pode fazer...
Demoraram em torno de 3 (TRÊS) horas para transportar uma paciente por 114km...a diferença entre a falta de atendimento na hora adequada significou à paciente ter seu filho vivo ou morto, neste caso, morto...
Mas aí, é capaz de dizerem que a culpa deste óbito foi do ISEA...é capaz de nem levarem em consideração que a paciente passou pela porta de um Hospital e sequer foi avaliada...é capaz de dizerem que nós demoramos a operá-la...é capaz de dizerem que nós do ISEA nada fizemos...
Fui eu quem tive que conversar com a mãe da paciente...fui eu quem disse a ela que a neta estava morta...e foi ela quem me contou todo o calvário entre o surgimento do sangramento e a chegada ao ISEA...fui eu quem teve que conversar com a paciente e dizer a ela que seu filho estava morto...fui eu quem se sentiu impotente e incapaz de ajudar...
Não sei porque cargas d'água não atenderam a paciente em Cuité, muito menos sei o que poderia justificar a troca de uma ambulância para outra ocorrência quando o que se passava lá dentro era uma EMERGÊNCIA OBSTÉTRICA...não sei o que se passa na cabeça das pessoas que poderiam ter feito diferente e NADA fizeram...o que eu sei é que se essa mulher tivesse sido atendida a contento ela poderia agora estar com sua filha viva...o que eu sei é que essas coisas a mídia não divulga, mas quando é para pegarem aleatoriamente os óbitos que acontecem em uma Maternidade que atende gestantes de Alto Risco, que atende mais de 100 municípios ao redor de Campina Grande, que atende gestantes que não têm atendimento adequado por despreparo ou omissão, que atende gestantes que em outros lugares lhes é negado atendimento...que atende gestantes...aí é fácil condenar...
Números aleatórios, nada significam...
Hoje, a diferença para esta mulher foi não ter tido em seu Município o atendimento que com certeza receberia no ISEA...
Boa noite a todos...eu vou poder colocar a cabeça no travesseiro e dormir tranquila porque sei que onde trabalho procuramos fazer o melhor por cada mulher que ali chega. 


Veja abaixo o volume de chuvas em algumas cidades da região do Curimataú de 1º de janeiro a 17 de abril deste ano, de acordo com os dados da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba – AESA.

Baraúna                11,0
Cubati                   86,7
Cuité                     54,9
Damião               105,6
Nova Floresta     205,4
Nova Palmeira    117,2
Sossego                58,0

CuitéPBOnline com informações da AESA

Com a vitória diante do São Vicente E. C, domingo, no “Estadio Jeremias Vênancio”, em Cuité, a Seleção local garantiu a sua vaga na fase seguinte (mata-mata) da IV Copa Regional de Futebol Seridó-Curimataú, em disputa do troféu “Walmy Araújo”. O selecionado venceu pelo placar de 7 a 0.

A seleção de Cuité é Bicampeão da copa conquistando os títulos nos anos de 2012/2013 e forte candidato ao tri campeonato em 2014.

pela chave A dia 20/04 as 15:30 hs na cidade de CuiteCuite E.C.  7 x 0  São Vicente F.C.

pela chave B dia 20/04 as 15:30 hs na cidade de Frei MartinhoEstrela Vermelha 1  x  0  Bonzão.
pela chave B dia 20/04 as 15:30 hs na cidade de Nova Palmeira,  Lobos 1 x 0 Milan A. de jandaira.

pela chave C  dia 18/04 sexta feira as 15:30 hs na cidade de Sossego, Seleção de Sossego 4  x 2  Flamengo. (partida atrasada do dia 13/04 em sossego,)

pela chave C dia 20/04 as 15:30 hs na cidade de Seridó,  Palmeiras  1 x  1 Seleção de Sossego.
pela chave C dia 20/04 as 15:30 hs na cidade de Barra de Santa Rosa,  D.J.C  x  Flamengo ( Jogo foi adiado para data ainda não confirmada)

As Prefeituras de Picuí, Frei Martinho, Nova Palmeira, Baraúna, Pedra Lavrada, Seridó, Cubatí e a Cerâmica Camaraense estão apoiando as transmissões e cobertura do regional através do apoio cultural.

CuitéPBOnline

Uma operação entre as polícias Militar e Federal apreendeu aproximadamente 30kg de cocaína e 10kg de maconha no Terminal Rodoviário de Campina Grande, na noite desta sexta-feira,18.

Segundo informações da Polícia Militar, a droga estava escondida no interior de um depurador de ar que vinha do Paraná para Campina.

Três pessoas foram detidas. Uma Mulher por nome de Fernanda (ex-esposa de Pastel), natural de Picuí e dois homens. Fernanda, tão logo após a polícia ouvir os depoimentos de praxe, foi solta, enquanto que os dois homens continuaram presos a disposição da justiça, até a apuração dos fatos.

Segundo informações, o fato aconteceu, quando o atual companheiro de Fernanda, pediu para que ela fosse até a rodoviária receber uma encomenda que vinha do Paraná, onde após o recebimento se mostrou nervosa e logo interceptada e presa pelos policiais, que a levaram até a residência onde se encontravam os dois homens.

O ex-esposo de Fernanda tão logo tomou conhecimento do fato, se deslocou a Campina Grande onde pegou as suas duas filhas, fruto do relacionamento com a mesma, iniciando o processo de guarda das crianças.

A polícia vai usar a nota fiscal que veio com o produto para localizar quem enviou a droga para a Paraíba.

Portal do Curimataú 


Um homem de 27 anos foi preso neste sábado (19) suspeito de tentar roubar patos em um sítio localizado no município de Damião, no Curimataú da Paraíba. Segundo informações do relatório do 9º Batalhão de Polícia Militar, em Cuité, a prisão aconteceu por volta das 8h30 e o suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Cuité.

De acordo com a ocorrência, dois homens foram flagrados pelo dono do sítio tentando roubar patos da propriedade por volta das 3h30. O proprietário explicou que reagiu, fazendo com que os ladrões fugissem e deixassem uma moto no local.

A moto foi apreendida. A polícia fez rondas na área e conseguiu localizar e prender um dos suspeitos. O outro permanece foragido.
Um convênio entre o Governo do Estado e o Governo Federal foi suspenso no dia 31 de janeiro e reduziu em mais 600 o número de carros pipas que abastecem as famílias das regiões que sofrem com a falta d'água. 

Essa redução iria penalizar ainda mais os moradores das zona rurais das cidades que sofrem com a seca na Paraíba se não fossem as chuvas registradas no Sertão nesses dois meses. 

O secretário de Agricultura do Estado, Carlos Alberto Oliveira, informou que desde março os carros pipas conveniados ao Estado não estão mais fazendo a distribuição de água em municípios do semiárido.

Com o fim do fornecimento d'água pelo Estado, somente os cerca de 800 veículos conveniados ao Exército estão abastecendo as zonas rurais e urbanas. O secretário informou que algumas prefeituras também ainda estariam mantendo o abastecimento com carros pipas. 

Carlos Alberto explicou que o contrato com o governo Federal venceu no dia 31 de janeiro e não foi mais renovado."Nós seguramos o abastecimento até fevereiro e enviamos a documentação necessária para a renovação, mas até agora ela não aconteceu. Mas estamos insistindo em mostrar que a necessidade ainda existe", revelou.

O secretário alertou para a necessidade da manutenção desse contrato porque, apesar das chuvas, os mananciais que abastecem as cidades não estão acumulando água significativamente e os barreiros e pequenos açudes das zonas rurais não fornecem água de qualidade para o consumo humano. No estado da Paraíba, 16 cidades continuam em colapso de abastecimento d'água e apesar das chuvas, esse quadro ainda permanece.

Chuvas bem vindas

Apesar dos grandes mananciais continuarem com pouca reserva, a avaliação do presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), José Vicente, é de que as precipitações registradas até agora são muito bem vindas, mesmo que elas não tenham proporcionado a recarga suficiente para o abastecimento das cidades. 

As chuvas registradas nas cidades do Sertão têm enchido rios, barreiros e açudes de pequeno porte que permaneceram secos por mais de dois anos. A água de volta numa terra seca e penalizada trouxe muita alegria e esperança principalmente para os moradores das zonas rurais que só contavam com a água distribuída pelos carros pipas.

Nas zonas urbanas, no entanto, o abastecimento continua problemático, pois os grandes mananciais de abastecimento não receberam a recarga suficiente para trazer tranquilidade. "As grandes barragens ainda não tiveram a recarga que almejamos e mesmo Patos, que foi a cidade mais contemplada com o acumulado de mais de 600 milímetros este ano, não registrou aumento no volume dos dois mananciais que abastecem a cidade o suficiente para nos tranquilizarmos", informou José Vicente.

Os açudes de Jatobá e da Farinha, em Patos, a 320 quilômetros de João Pessoa, estavam quase que completamente secos e estão com cerca de 40% e 20%, respectivamente, um acúmulo ainda considerado insuficiente, diante da escassez cíclica de chuvas registrada região do semiárido.

Mas o presidente da Aesa acredita que com os pequenos açudes e barreiros cheios, as necessidades mais imediatas, como matar a sede das pessoas e animais, são atendidas. "Apesar da capacidade de acúmulo desses mananciais ser muito pequena e eles permanecem com água por um período muito curto, eles são de grande ajuda para o sertanejo que vem de um período longo de sofrimento com a seca", acrescentou. 

Plantio tarde

A esperança do sertanejo está fazendo com que mesmo num tempo considerado tardio para a plantação corra em busca de sementes. O coordenador técnico da Emater-PB, Jailson Lopes, informou que está havendo uma corrida intensa em busca de sementes e ele acredita que apesar do atraso, haverá uma safra bem melhor.

"Não teremos uma safra regular como quando as chuvas chegam mais cedo e o agricultor começa a plantar já no início do ano, mas como estamos há mais de dois anos sem safra por conta da estiagem, acredito que este ano teremos uma grande melhora", opinou.

A preocupação com a falta de água para o consumo, na opinião do coordenador da Emater, fez com que o agricultor só pensasse no plantio, bem depois da época propícia. 

Já o secretário de Agricultura e Pesca do Estado, Agamenon Vieira da Silva, acredita que mesmo que chuvas não garantam uma produção tão satisfatória, elas asseguram a produção de ração animal para alimentar os rebanhos.

"Com o desenvolvimento do pasto, o grande problema da falta de comida que dizimou mais de 30% dos rebanhos do estado nesses dois anos, será amenizado", analisou.

O secretário acredita também que a distribuição de ração feita pelo governo do Estado deverá ser diminuída. "A seca diminuiu e muito o nosso rebanho e o problema foi controlado justamente por conta dessa distribuição de ração. A produção crescente do pasto proporcionado pelas chuvas deverá diminuir os gastos do governo com o fornecimento do alimento dos animais". avaliou. 

Ele é médico e foi prefeito de Cuité, no Curimataú. Agora, pode dizer que também é pescador, e dos bons!

O ex-prefeito de Cuité Dr. Jaime Filho aproveitou o feriado da semana santa para pescar no açude do Imbé, em uma canoa o ex-prefeito mostrou habilidade no remo e no seu esporte preferido a pesca.


Em 2013 na sua propriedade, no município de Cuité, Jaime Filho pescou um pirarucu gigante. O peixe, com 49 quilos e 1,62 de comprimento, virou atração na comunidade do Imbé. Antes, deu um trabalho de horas para ser retirado d’água.

CuitéPBOnline

O espetáculo ‘Paixão de Cristo, promovido pela PMC, UFCG-CES-Cuité e o Ponto de Cultura será apresentado, até esta sexta-feira, no teatro ao ar livre do olho d’água da bica.

A população Cuiteenses e da região assistiram um dos maiores shows de encenação que retrata o Sofrimento de Jesus Cristo - Paixão de Cristo - 2014.

Mais de 250 artistas fizeram parte do elenco, um público com mais de 5.000 pessoas, uma arrecadação de mais de 3 toneladas e meia de alimentos, luzes, efeitos especiais, sonorização e muita emoção.


CuitéPBOnline