Fim de ano pode gerar 123 mil vagas temporárias no comércio

Cuité Pb online | 14:53 | 0 Comentários

Partilhar

O volume de vendas do comércio varejista brasileiro deverá crescer aproximadamente 4,5% no Natal deste ano. A projeção é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Apesar da expectativa de alta, o aumento do faturamento será menor do que os 8,1% apurados no mesmo período do ano passado. As vagas temporárias voltadas para o período natalino devem avançar 1,8% com a geração de 122,9 mil empregos temporários.
Dos principais ramos do varejo, o vestuário é usualmente o mais impactado pela demanda sazonal de final de ano. Com previsão de abertura de 69,5 mil vagas, esse segmento deverá, novamente, se destacar respondendo por 56,5% do total de postos criados no varejo. Em seguida, devem vir os segmentos de hiper e supermercados com 27,7 mil postos (ou 22,5% do total), e de móveis e eletrodomésticos com 12,0 mil empregos (ou 9,8% do total).
As vendas nas farmácias e perfumarias, ramo que vem se sobressaindo no comércio varejista em 2013, deverão registrar o maior aumento de contratação de temporários (+5,3% sobre o Natal de 2012). Por outro lado, o segmento de informática e comunicação e o ramo de artigos de uso pessoal, ambos afetados pela recente desvalorização do Real e pela menor ampliação do crédito ao consumidor, deverão registrar, respectivamente, quedas de 0,1% e 1,1% na geração de emprego temporário.
A temporada de contratações temporárias, que no varejo se inicia em setembro e se estende até o mês de novembro, normalmente, responde por 40% das vagas abertas ao longo do ano em média. A expectativa é de que um em cada oito trabalhadores contratados em regime temporário seja definitivamente absorvido ao contingente de empregados do varejo após as vendas de final de ano.

Category:

0 Comentários

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!