FLAGRANTE - Universitários cuiteenses empurram ônibus quebrado da Prefeitura Municipal de Cuité.

Cuité Pb online | 11:13 | 35 Comentários

Partilhar


FLAGRANTE - A novela do caos no transporte dos universitários cuiteenses para Campina Grande parece estar longe do fim. Na tarde desta quinta-feira (1), os universitários de Cuité precisaram descer na cidade de Barra de Santa Rosa para empurrar o ônibus (Azulão) que quebrou no meio do trajeto.

Os estudantes perderam as aulas da quinta feira porque o ônibus não teve como seguir a viagem, prejudicando os alunos que ficaram pelo caminho.

Na primeira sessão da Câmara de Vereadores do município (01/03) a prefeita Euda Fabiana elogiou a reforma do ônibus e, segundo ela, ficou admirada com a qualidade do serviço. “Fiquei admirada com a reforma pela qual o nosso “azulão” passou, encontrei o mesmo na BR quando vinha para Cuité e pensei que fosse um ônibus novo, um ônibus do ano, com isso ganha os nossos estudantes e a prefeitura mostra o compromisso de trabalhar para melhorar cada vez mais a qualidade de vida dos nossos munícipes”, declarou a prefeita.

O ônibus escolar pertence à prefeitura municipal de Cuité.


CuitéPBOnline

Category:

35 comentários:

  1. sem contar que para poder viajar para campina para estudar tem pagar para o motorista 1.000,00 reais, todo mês por que se não o motorista Hildemar não vai. Uma vergonha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quem estiver achando ruim ou desagradável essa situação alugue um apartamento e vá morar em CG..,porquer o municipio não tem obrigação com o ensino superior e sim com o fundamental. Porquer mais de 90% dos usuários do Azulão são da REDE PARTICULAR. Antigamente quem tinha condições de pagar faculdade particular,também tinha como morar em Campina Grande. não sou anônimo sou HILDIMAR.

      Excluir
    2. Senhor HILDEMAR Cuidado o senhor pode ser presso como estelionatário por coagir os universitários a pagar 1.000,00 reais ao senhor coisa que o senhor já ganha e muito bem para transportar o pessoal para campina.

      Excluir
    3. a coitado despeito nao a mulesta ta com pena de pagar va ape nao custa nada

      Excluir
    4. só vou falar uma coisa se tirar o Azulão de HILDEMAR ele não vive do mesmo jeito se tirar a prefeitura desses carniceiros que são BADO, EUDA e seus familiares. eu fico a pensar eles pensão que são donos, mais não são, eles são apenas funcionários do povo do município de Cuité. mais é assim mesmo Euda paga ao Seu cunhado PEPI 12.000,00 por més ao motorista HILDEMAR 2.600,00, mais o povo esta APRENDER A VOTAR vamos acabar com esses absurdo em Cuité...

      Excluir
  2. o bom é que cada aluno paga 20,00 reais. e se os universitários não juntar 1.000,00 o motorista não vai pra campina...

    ResponderExcluir
  3. gente, isso é apenas uma contribuição para Hildemar!!!

    ResponderExcluir
  4. Isso e uma vergonha, sr. prefeita..... Honre aonde, vc estar sentada.. Mostre serviço...

    ResponderExcluir
  5. Empurra e continua votando na turma da Mônica?

    ResponderExcluir
  6. meu deuss e o povo nao ver isso e uma vergonha mesmo kkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. mais como pode pagar se é lei a prefeitura mandar um ônibus com os universitários. a mais eu ia esquecendo estamos em Cuité a terra de Bado e Euda....... Acorda Cuité.

    ResponderExcluir
  8. pagar passagem em ônibus da prefeitura,isso é demais,isto é Cuité e a turma do nepotismo,isto é uma vergonha.

    ResponderExcluir
  9. O municipio não tem obrigação com o ensino superior ,quem achar que é mentira procure a Lei. se a Prefeita quiser tirar onibus de Campina Grande ela pode esta acobertada pela Lei.

    ResponderExcluir
  10. Cuidado senhor Motorista HILDEMAR, o que o senhor está fazendo é crime de estelionato esta cobrando por um serviço no qual vc já ganha, isso cabe processo contra o Senhor e pode até ser presso e prefeita não vai te defender não, que ela não mandou vc cobrar dos universitários 1.000,00 reais. ou Euda esta de acordo com isto? Responda Hildemar se vc tem coragem. fica a dica. Amanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei senhora AMANDA vc sabe o que é Estelionato???? Antes de falar algo pesquise!




      ESTELIONATO.
      Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


      De conformidade com o Código Penal brasileiro o estelionato é capitulado como crime econômico (Título II, Capítulo VI, Artigo 171), sendo definido como "obter, para si ou para outro, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil ou qualquer outro meio fraudulento."

      Vale a ressalva de que, para que exista o delito de estelionato, faz-se mister a existência dos quatro requisitos citados no artigo acima mencionado: obtenção de vantagem, causando prejuízo a outrem; para tanto, deve ser utilizado um ardil, induzindo alguém a erro. Se faltar um destes quatro elementos, não se completa tal figura delitiva, podendo, entretanto, formar-se algum outro crime. Alguns golpes comuns que são enquadrados como estelionato são o golpe do bilhete premiado e o golpe do falso emprego.

      O crime de estelionato atenta contra o patrimônio. Pode ser praticado por qualquer pessoa que tenha a intenção de induzir (criar situação que leva a vítima a errar) ou manter (a vítima estava no erro e o agente nada fez para mudar) outra em desvantagem.

      O estelionato é crime de resultado. O agente deve, imprescindivelmente, obter vantagem ilícita e este prejuízo pode ser à pessoa diversa da vítima, porém deve ser pessoa determinada. Caso vise à pessoa indeterminada, caracterizará crime à economia popular.

      É crime doloso, não havendo forma culposa. Há aumento na pena caso seja cometido contra entidade de direito público ou instituto de economia particular, assistência social ou beneficência.

      Excluir
    2. Leia a Lei http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2013/Lei/L12816.htm e veja se está correta esta cobrança sr.

      Excluir
    3. http://paraibaonline.com.br/noticia/886995-%C3%82%E2%80%9Cagora-e-lei--transporte-escolar-municipal-pode-ser-utilizado-por-universitarios%C3%82%E2%80%9D-afirma-efraim-filho.html

      Excluir
  11. Minha opinião:

    Josemário da S. Sousa (Aluno de Sociologia da UFCG/ Campus de Campina Grande)

    O engraçado é que as pessoas mandam anônimo, mesmo comentando como anônimo há como colocar seu nome em baixo. Acredito que estas pessoas não são universitários e são, não disseram nada em reuniões que fizemos. Não fazemos um pagamento ao motorista. O que fazemos é uma contribuição ao trabalho que ele vem desempenhando ao longo destes anos. Acredito que muitos estão agindo de forma infantil. Pergunto (Onde estão a ética e o compromisso de vocês caros colegas? Até onde vai essa particularidade política. Nos últimos dias, nunca vi um sequer elogio para a ida diária do azulão à cidade de Campina Grande. Faço uso deste transporte desde o ano de 2011. E sei que quem tem propriedade de falar sobre ele e principalmente o que se passa (nossas decisões) deveriam ficar entre nós. Porém como gostam de distorcerem os fatos, se aproveitam de um caso para atrapalhar um trabalho. A outra pergunta que faço é a seguinte: quando vocês vão a um restaurante, são bem atendidos, vocês costumam dar uma gorjeta ao garçom?, ele recebe o salário do patrão dele, mesmo assim você dar a gorjeta, por considerar o trabalho dele. Pois bem, esta é a comparação que faço, o motorista, vem trabalhando anos, irei citar algumas situações que foi o motorista que resolveu, quando o azulão quebra é ele que põe a mão na massa (na graxa mesmo) e concerta o ônibus, liga para seus parceiros (motoristas das cidades vizinhas) nunca deixamos de ir à Campina, a não ser em casos excepcionais. No dia que tiraram esta fotos, poucas pessoas deixaram de ir à Campina, pelo menos aqueles que tinham provas, alguns foram de carona com o carro de Damião, outros retornaram a Cuité, e não foram prejudicados, pois um dia de falta, não é o fim do mundo. Digo e repito, já contribui, contribui e o quanto eu necessitar do ônibus irei contribuir. Estamos sujeitos a tudo: bateria acaba,internet cai, falta água, luz, ou seja, imprevistos ocorrem. Quantos ônibus não já quebraram: me lembro que há dias atrás neste mesmo local, foi divulgada uma postagem sobre a quebra de onibus da São José, dois onibus. Então o azulão não pode quebrar, ele é diferente dos demais. Paciência.
    Pedimos respeito a nós estudantes, ao motorista. Caso queiram tecer suas críticas estamos dia a dia na antiga prefeitura, prontos para ouvi-los e nos defendermos...

    ResponderExcluir
  12. É Muita frescura viu!!! Carro 0KM também quebra! Como já foi dito aluguem um apartamento ou cada um que estiver achando ruim comprem um carro e vá todos os dias!!!! E R$ 20 nao quebra nem inrica alguem não vcs fazem questão de cada mizeria sei naum viu pense numa classe... Por mim vcs que acham ruim ia a pé pra deixar de ser besta!!!!

    ResponderExcluir
  13. Muita falta d informação em um blog só, isso mostra o quanto é sensacionalista... coisa de amador!!
    1º Cadê a lei que obriga prefeitura disponibilizar ônibus para estudantes universitários???
    2º O motorista recebe sim por seus honorários... O valor de R$ 1.000,00 corresponde a uma contra partida que os estudantes dão pra ajudar nas despesas, pois a prefeitura além de ceder ônibus e combustível, proporciona o serviço de um motorista profissional...

    PORQUE TODO MUNDO SABE QUE PREFEITO NENHUM TEM OBRIGAÇÃO COM O ENSINO SUPERIOR!!

    3º Tão achando ruim, vão de São José pra CG ou morem lá... mas parem de prejudicar qm precisa dos serviços do ônibus, pq esses comentários não ajudam em nada...

    ResponderExcluir
  14. Essa confusão é só questão Politica!!!!! Vão de Jumento.

    ResponderExcluir
  15. Tem muita gente da particular mesmo neste ônibus, por que não saber que agora é lei a prefeita mandar transporte para os universitários. Em Cuité tem o curso de enfermagem e o ônibus vai cheio de gente para a UNESC fazer enfermagem. ou seja NÃO TEM CAPACIDADE DE PASSAR NA UFCG DE CUITÉ MESMO. ai vamos para a famosa P.P.P PAPAI PAGOU PASSOU...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa você está bem informado né, pois só tem uma aluna que faz enfermagem na UNESC! Antes de falar procure saber como está realmente a situação! E como você sabe se essas pessoas que estudam na particular não tem capacidade pra passar numa pública? Ohhh vc é Deus agora!? Legal!

      Excluir
  16. Kd o pessoal da 89Fm pra fazer uma reportagem sobre este assunto, ser obrigado a pagar passagem em um ônibus publico.

    ResponderExcluir
  17. Os estudantes não pagam passagem, eles apenas pagam a diária do motorista (mesmo ele recebendo salário da prefeitura, o motorista não é obrigado a viajar)Para quem não sabe, esse dinheiro que ele recebe é pelas horas extras, ou seja, é um direito dele como trabalhador. Tem gente que não sabe de porra nenhuma e fica falando asneira. Isso só é briga política. O moderador do blog era para postar uma informação como essa. Gosto deste blog, mas fico triste porque só posta notícias ruins em relação ao governo municipal, nunca vi uma reportagem elogiando o trabalho da prefeita.

    ResponderExcluir
  18. rádio e jornalismo parcial não debate assuntos como esse. por isso não ouço essa rádio.. luca

    ResponderExcluir
  19. agora a Lei é a nosso favor. e agora prefeita vai nos impedir de irmos a Campina de ônibus. vc agora é obrigada a ceder o ônibus.. vc disse que não tinha obrigação com o ensino superior... uuuuuuiii

    tenta impedir agora tenta!!!!
    e se tiver que pagar algo a esse tal motorista vamos denunciar ao ministério púbico..

    A LEI É NOSSA!!!!! VIA A LIBERDADE!!!! VIVA A DEMOCRACIA!!!!

    OBRIGADO EFRAIM!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu Deus, é muita falta d informação...

      Vão ler a lei e interpretá-la... Ela não obriga prefeito nenhum a dar ônibus pra estudante universitário... Mas libera os veículos do programa caminho da escola (amarelinhos) para uso de estudantes universitários pq antes era proibido.

      Excluir
    2. Aperta F5 que tu ta desatualizado demais vissi!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Vai apé!!!

      Excluir
  20. Picuí ainda é o melhor lugar de se viver mesmo...Aqui o motorista recebe as suas diárias pagas pelo município. Há mais de dez anos (depois da gestão do Prefeito Buba) não pagamos para viajar em transporte público. Graças a Deus! E ainda, os universitários da rede privada são tão respeitados em sua qualidade de aluno e e detentor dos direitos legítimos de cidadão e como contribuintes com seus impostos que são, quanto alunos da rede pública. Afinal, muita gente cursa particular porque trabalha durante o dia e os horários de curso de saúde são justamente em horário de trabalho, fazendo com que esses alunos busquem cursos a noite. Muitas vezes cursar uma particular não é sinônimo de INCAPACIDADE e sim de escolha, outras vezes e em sua maioria são bolsistas de programas Federais. Aqui, não é melhor ou pior alunos da UNESC, FACISA, CESREI, MAURÍCIO, UFCG OU UEPB, cursos tecnológicos ou superiores...Todos são iguais e desfrutam do legítimo direito de ir e vir como qualquer outro cidadão. Parabéns Picuí :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São muito é dos metidos, nao tem capacidade de passar em Universidade publica por isso que vai pra particular!!!

      Excluir
  21. Sinceramente, li as mensagens e vi que são injustos estes comentários contra Hildemar. Na primeira viagem que este ônibus fez eu estava presente, foi em 99 ou ano de 2000, e posso garantir que os mesmos cuidados que ele tinha no ônibus quando este ainda era novo são os mesmos cuidados que mantém atualmente. Hildemar é um motorista que zela pelo patrimônio público, olhe que não são todos os motoristas que cuidam bem do patrimônio enquanto motoristas, já vi motoristas andarem por cima de “pau e pedra” e dizerem: Ah, é da prefeitura! Ah, é do Estado! Eu não acho que é por aí. O que é da prefeitura é da população e o motorista Hildemar tem essa concepção. Além dele zelar pelo ônibus em si ele também trata muito bem os que precisam do ônibus, os estudantes são bem tratados no ônibus, pelo menos no meu tempo de azulão era e acho que isso continua assim. Então, uma simples e inexpressiva contribuição de 20 reais ou 25 é insignificante diante dos serviços ofertados pelo mesmo e pelo ônibus. Acho que é uma questão de reconhecimento, é pessoal e infelizmente nem todo mundo pensa assim. As pessoas que criticam esse assunto (que já rendeu demais...) certamente é por que nunca andaram cinco anos neste ônibus. Eu andei e de certa forma agradeço bastante por que sempre fui bem tratado e transportado com segurança até a universidade pelo motorista Hildemar. Eu colaboraria numa boa por que pra quem é estudante e precisa do ônibus, sabe o quanto os mesmos são importantes. Professor Alexandre Fonsêca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Alexandre isso é só despeito POLITICO!!!

      Excluir
  22. teve alguem ai que falou que é uma gratificação, mais na realidade tem uma jovem chamada Elizabete filha de Cristina que só dela eu já tenho mais de 30 mensagem dela cobrando mesmo o dinheiro de Hildemar, isso é o que? e para o senhor Alixandre quando uma pessoa vai trabalhar de motorista ele tem mais que obrigação de zelar do veiculo e dos passageiros, mais está explicado este alixandre é um babão da prefeita mesmo. Amanda

    ResponderExcluir

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!