PEDRA LAVRADA-PB: Ônibus que levava companhia folclórica lavradense, é apedrejado em Cuité.

Cuité Pb online | 19:14 | 3 Comentários

Partilhar

Teve inicio na noite desta Sexta-feira, 07 de junho de 2013, a abertura dos Jogos Escolares e Paraescolares do Curimataú 2013, que mais uma vez será sediada na cidade de Cuité-PB. O evento que contou com a participação de um grande público, no Ginásio Municipal Valdemir Alves de Lima, trouxe atrações de toda a região para abertura dos Jogos.

Alunos da rede estadual e municipal de Pedra Lavrada estavam presentes representando o seu município. Além da companhia Folclórica Itacoatiara, que foi convidada a participar da abertura dos jogos Escolares e Paraescolares deste ano.  A companhia folclórica do município de Pedra Lavrada, após sua apresentação, em um sinal de reconhecimento e gratidão, foi aplaudida de pé pelo público que compareceu a abertura dos jogos no ginásio.

Porém, quando entraram no ônibus ,para retorna á Pedra Lavrada, foram surpreendidos com uma extrema ação de violência. Quando o ônibus começou a se deslocar foi apedrejado por alguns populares que ficaram escondidos esperando o veiculo sair. Os Alunos e os dançarinos chegaram a pensar que fossem tiros, e imediatamente se abaixaram dentro do veiculo. O motorista acelerou o carro e depois parou. Os alunos e os dançarinos, temendo mais pedradas contra eles, pediram que o motorista seguisse viagem.

Uma das pedras arremessadas atingiu uma dançarina no rosto. Outros dançarinos tiveram pequenos ferimentos devido aos cacos de vidro espalhados dentro do ônibus. O grupo só parou em Picuí para tentar retirar um pouco dos vidros espalhados e comprar algum curativo para os atingidos.

Alguns ocupantes do ônibus usaram a rede social, Facebook, para expressar a tristeza vivida na noite da sexta-feira. Uma aluna que irá participar dos jogos, usou a rede social para pergunta se esse episódio irá se repetir no decorrer dos jogos.

”… Deus queira que isso tenha sido por ruindade e falta de ocupação, caso contrário se é revolta ou sei lá o que mais grave, teremos que jogar com segurança porque.. Vamos arriscando passar a semana jogando em Nova Floresta e em Cuité. Obrigado meu Deus por o pior não ter acontecido, e todos terem voltados com vida”. Relatou a aluna Acsa Costa.

A Professora de Historia que acompanhava o grupo, também se pronunciou sobre o episódio:

“Eu prefiro ficar com a imagem do público aplaudindo de pé. O retorno foi traumatizante, porém isso só serve pra eu ter mais orgulho de minha cidade, pois, os lavradenses sabem recepcionar muito bem os visitantes. #EDUCAÇÃO VEM DE BERÇO” relatou a professora Priscila Dias.

Cabe agora aos organizadores do evento na Cidade de Cuité, como sediadora dos Jogos Escolares e Paraescolares do Curimataú 2013, tomar as devidas precauções para que esse tipo ocorrência não venha a se repetir.

Por Anderson Eliziário - Voz de Pedra

Category:

3 comentários:

  1. Lamentável o que aconteceu.
    Infelizmente sabemos que isso certamente parte de quem não tem amor ao próximo ,minha cidade é tachada de terra de índios,mas aqui em Nova Floresta sempre soubemos receber e respeitar nossos visitantes!

    ResponderExcluir
  2. Eu ouvir o barulho das pessoas no ônibus parado aqui no bairro São José, não duvido nada que os fizeram isso tenham sido daqui do bairro, pois nos últimos meses verdadeiras gangues de moleques se formaram aqui, e todas as noites ficam perturbando o sossego, já foi preciso os moradores acionarem a polícia duas vezes para intimidá-los, no segundo caso até o SAMU veio socorrer um senhor que foi agredido por eles. Espero que o poder público e o Conselho Tutelar tomem providencias quanto ao assunto, pelo menos um toque de recolher, já que os pais deles não estão preocupados com o que os filhos estão fazendo até altas horas da noite na rua. Quanto ao ocorrido foi um ato vergonhoso, que deixa uma imagem negativa da cidade para os visitantes, mas que não deve ser generalizado, pois foi ato de alguns vândalos. Cuité recepciona sim muito bem seus visitantes!

    ResponderExcluir
  3. Povo Lavradense
    Ao saber deste fato, não resta outra alternativa a não se lamentar e saber que o fato é visto como se fosse a população da cidade. Concordo com o senhor Francisco Cunha. Trata-se de uma minoria. Como ele relata é frequente estes vândalos atacarem cidadãos verdadeiramente cidadãos. Tudo isto é o resultado da falta de compromisso da família. Aonde estão os que o protegem os menorzinhos?
    Quanto a população de Pedra Lavrada, que realmente são hospitaleiros e educados nossas desculpas. Quanto ao anônimo apenas peço para ele não assegurar que não acontece, pois em qualquer lugar existem pessoas MESQUINHAS E POBRES DE AMOR
    Passem Bem

    ResponderExcluir

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!