LADEIRA DOS PEDÃO (Dinamérico Soares)

Cuité Pb online | 12:34 | 1 Comentários

Partilhar


LADEIRA DOS PEDÃO (DINAMÉRICO SOARES)
Por Eliel Soares 

Precipitada ladeira dos pedão
Antiga estrada de pedra
Análoga a íngremes trilhas afegãs
Rota de primitivos tropeiros
Atalho que leva ao colossal açude do cais
No coração rural de Cuité.

Desses depressivos dorsos
De rochas e cristais
Ladeados por  matas de verdor temporário
Conta-se intensas histórias de aventuras e fantasmas
Camponeses e caçadores...
Num sobe e desce fatigante
Transportando a produção de suas  vidas.

Precipitada ladeira dos pedão
As pessoas subiam com seus defuntos em redes
E os colocava a malhar numa pedra maior,
Mais espalhada
Enquanto descansavam em qualquer sombra...
Do fardo da morte.

Em dias santos ou festivos
Moças e rapazes em bando alegre
Escalavam seus penhascos
Num verso e prosa descontraídos
Discorrendo sobre colheitas... de agriculturas e paixões.
E se de volta, á noite ousavam transitar suas trevas
A lua, gordo vaga- lume os guiava até ao fundo da gruta
Local de suas bucólicas moradias.

Precipitada ladeira dos pedão
Em cada pedra de seu leito
Uma pegada impressa com o suor da luta incruenta
Que camponês trava com o sol. Nos ermos.






Acervo: Eliel Soares

Category:

Um comentário:

  1. Sou amigo do Dinamérico.
    Fizemos muitas farras, eu ele e Derivan, no bar de seu Martins, que ficava no mercado de Cuité.
    Ontem vi três vídeos em homenagem ao poeta, a lembrança me invadiu instantaneamente e a saudade me torturou...
    Mando um forte e sincero abraço a seu primo-irmão Eliel, a Derivan, a Zé de Luzia e a todos os amigos e admiradores do Dino.
    Peço que entrem em contato.
    jrpb41@gmail.com ou j-robertopb@hotmail.com
    (61) 9642-1064 (vivo) Trab. (61)2028-4377
    Atenciosamente,
    lapiu.

    ResponderExcluir

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!