Ex-Prefeito de Cuité Bado Venâncio, consta na lista de ex-gestores com contas irregulares divulgada pelo TCE

Cuité Pb online | 17:54 | 2 Comentários

Partilhar

O Tribunal de Contas do Estado do Paraíba (TCE-PB), por meio de sua Corregedoria, encaminhou ao Ministério Público Eleitoral, na manhã desta sexta-feira (06), os nomes de todos os agentes públicos com contas julgadas irregulares, no período de 5 de julho de 2006 a 05 de junho deste ano. Na lista constam 1.067 registros, com um total de 625 gestores públicos. Em alguns casos, os registros se referem a mais de uma prestação de contas reprovadas em diferentes exercícios financeiros.

Esse total de prestações de contas julgadas irregulares pelo Pleno do TCE inclui 250 prefeitos e ex-prefeitos, com 516 ocorrências de irregularidades; e outros 375 gestores, com 551 registros de irregularidades, entre presidentes de Câmaras Municipais, secretários, presidentes de Institutos de Previdências, e outros ordenadores de despesa.

O ex-prefeito de Cuité Osvaldo Venâncio (Bado) consta na lista do Tribunal de Contas do Estado com uma reprovação de contas, sendo encaminhado para o Ministério Publico Eleitoral, ainda aparece o nome do ex-prefeito Antonio Medeiros Dantas 

De acordo com o corregedor do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, conselheiro Fernando Catão, as listas da 1ª e da 2ª Câmaras serão antecipadas para o próximo dia 10 de junho, a previsão era para o dia 17. Já no dia 5 de julho será encaminhada uma listagem complementar, levando em conta os processos julgados até aquela data, tanto pelo Tribunal Pleno, bem como, pelas Câmaras Deliberativas.

O conselheiro Fernando Catão informou que a lista dos gestores foi encaminhada ao procurador Regional Eleitoral, Rodolfo Alves Silva. As informações serão inseridas no Sistema de Contas Eleitoral do Ministério Público Federal (Sisconta Eleitoral), onde ficam cadastrados os gestores que tiveram apontadas irregularidades nas suas gestões.


CuitéPBOnline com Ascom/TCE-PB/

Category:

2 comentários:

  1. Bado teve as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas, mas foram aprovadas pela Câmara de Vereadores, com o voto decisivo de Geovanni Furtado, que na época era oposição, e o que vale para inelegibilidade é o julgamento da câmara.

    Por este motivo Bado é elegível, mas pesa contra ele uma condenação por improbidade administrativa que tramita na Justiça Federal, com a confirmação pelos tribunais de Recife e Brasília, na qual ele teve os direitos políticos suspensos, por isso ele não pode ser candidato. Em relação a esta lista ele está fora.

    ResponderExcluir
  2. DE OLHO NO LANCE9 de junho de 2014 20:29

    Meu caro Anônimo aí de cima, não pesa contra Bado Venâncio uma só condenação pela Justiça, mas inúmeras delas, todas com os direitos políticos suspensos por vários anos.

    Politicamente falando, Bado já era , viu Alceu Farias??????????

    ResponderExcluir

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!