Esposa de homem assassinado a facada em Coronel Ezequiel pede Justiça

Cuité Pb online | 22:31 | 0 Comentários

Partilhar

A esposa de Zé de Rosa que foi assassinado no sábado (24), em Coronel Ezequiel, Luciene Pereira dos Santos disse que o marido pode ter sido levado por um outro homem que o chamou para o bar, onde teria sido morto pelo marchante conhecido como Cléber.

Segundo Luciene, o acusado do crime já teria tido uma discussão com seu marido a cerca de uma semana e estava andando com duas facas na cintura. Na tarde desse sábado, Zé de Rosa tinha pedido a mulher que comprasse bebida para que ele bebesse em casa pois, não queria sair quando um homem identificado como Laerte foi buscá-lo em casa.

Luciene, no momento da entrevista, estava acompanha das três filhas menores (7,11 e 13 anos respectivamente) e pediu por justiça. Ela clamou que o marchante seja punido e pede que o fato de ele pertencer a uma com posses, esse crime não fique impune. "E agora? Quem vai alimentar os nossos filhos?", questionou Luciene.

De acordo com informações, a discussão começou quando Cléber sacou de uma faca e cravou no pescoço de Zé de Rosa. Eles estavam em um bar. Os familiares ainda disseram a nossa reportagem que a vítima perdeu muito sangue e teria morrido no hospital da cidade. Uma Ambulância escoltada pela PM levou o corpo para a cidade de Santa Cruz.

Um fato curioso chamou atenção da nossa reportagem. Durante a entrevista com Luciene, em frente ao hospital de Coronel Ezequiel, um homem passou em uma moto do outro lado da rua usando um capuz e populares garantiram que seria o autor do crime.

A Policia Militar não foi encontrada na cidade para falar do crime com a reportagem.

Com informações de Fronteira de Notícias

Category:

0 Comentários

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!