Maranhão se solidariza com Cícero e revela que no passado convidou o tucano para lhe suceder no governo

Cuité Pb online | 08:54 | 2 Comentários

Partilhar

 Pré-candidato a deputado federal, o presidente estadual do PMDB, o ex-governador José Maranhão, revelou em entrevista a  imprensa paraibana, que conversou com o senador Cícero Lucena por telefone e externado solidariedade. De forma supreendente, ele revelou que no passado, convidou o tucano para lhe suceder no Palácio da Redenção. José Maranhão lamentou a forma como o PSDB está “rifando” o tucano da chapa, e garantiu que sempre se deu bem no campo pessoal e até político com o tucano e que no segundo turno da última eleição para governador recebeu o apoio de Cícero.

“Eu conversei com ele para levar a minha solidariedade e a expressão do meu apreço pelo momento difícil que ele está atravessando”, disse.

Maranhão revelou que Cícero está se sentirndo abandonado por um amigo (Cássio), ao qual ele se dedicou com muita fidelidade durante todo o curso de sua vida pública”, enfatizou.

Maranhão revelou ainda que no final do seu segundo mandato de governador chegou a convidar Cícero para ser o candidato sucessor e o convidou motivado pela ânsia do povo paraibano que queria uma trégua nas hostilidades, nas guerrilhas do dia a dia.

“Eu achava que o Cícero era um nome que somava pelo seu espírito conciliador e, sobretudo, pela sua história no PMDB onde ele tinha contribuído de várias formas. Cícero ficou sensibilizado e disse que não podia aceitar o convite antes de conversar, naquela época, com Ronaldo Cunha Lima. Depois ele voltou dizendo que não tinha havido um entendimento e, portanto, por lealdade ao amigo e, consequentemente, a Cássio não podia aceitar ser candidato”, lembrou.

Maranhão disse que fora um gesto, que se ele não tivesse esse espírito de fidelidade e amizade teria de pronto aceitado ao convite e era para valer porque já tinha consultado todas as bases de sustentação do seu governo.

“E de repente receber um troco desses que ele está recebendo agora porque o que eu acredito que o que mais magoa Cícero não é pela negativa a sua pretensão ao seu projeto de reeleição ao senado, mas a forma como isso foi feito. Eu acho que faltou habilidade nas pessoas que tiveram a responsabilidade de conduzir esse processo no PSDB”, avaliou o ex-governador.

PBAgora

Category:

2 comentários:

  1. Cuidado. Qualquer dia a raposa velha vai procurar o mago. Ele é um triste. Sua cara já diz.Como só está com 10%, ele pensa que o mago vai ser "quilino" dele. Kakkkkkkkkkkkkkaa

    ResponderExcluir
  2. Vai Zé Pedreiro que nada construiu aqui em Cuité. Se tu foste bom a Paraíba seria outra. Estás intrigado até com a velha que te carregou durante toda a vida.
    Vai-te

    ResponderExcluir

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!