Grávida de cinco meses era espancada e mantida acorrentada dentro de casa pelo marido

Cuité Pb online | 10:23 | 0 Comentários

Partilhar

Uma jovem de 23 anos, e que está grávida de cinco meses, era mantida acorrentada pelo marido durante o cárcere privado. Segundo informações da delegada da Mulher de Guarabira, Juliana Brasil, a mulher ainda era espancada e estuprada pelo próprio companheiro. Os atos de violência vinham ocorrendo dentro da residência do casal na zona rural entre os municípios de Pilõezinhos e Serraria (na região do Brejo paraibano, a cerca de 150 km de João Pessoa). O caso só foi descoberto nessa terça-feira (21).

A delegada informou que a jovem estava casada há um ano com o homem e as torturas começaram há alguns meses. Alegando ciúmes, o suspeito da violência doméstica mantinha a mulher isolada, sem contato com parentes e vizinhos.

- Ele tem uma personalidade agressiva. Privava ela de contatos com todo mundo. Nesse período, a mulher mantida acorrentada, era espancada e mantinha relações sexuais com ele, mesmo contra sua vontade. A gestante teve o cabelo cortado de tesoura – confirmou Juliana Brasil.

A vítima conseguiu fugir do cárcere e passou mais de dez horas perdida dentro de uma mata. “Ela ficou quase o dia todo andando por uma mata até conseguir socorro. A jovem estava com a corrente no tornozelo o que lhe causou ferimentos. Os policiais militares trouxeram a vítima para a Delegacia da Mulher, onde foi feito o flagrante”, disse a delegada, acrescentando que buscas estão feitas para prender o suspeito.

A mulher está recebendo atendimento médico-psicológico e encontra-se sob custódia das autoridades policiais em um abrigo. A delegada Juliana Brasil disse que o homem vai responder por cárcere privado, injúria, estupro, ameaça e lesão corporal.

Assista à matéria exibida na TV Correio HD.

Category:

0 Comentários

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!