A precariedade da Saúde pública em Cuité é um dos temas mais abordados nas redes sociais

Cuité Pb online | 20:19 | 11 Comentários

Partilhar


Através das redes sociais a população de Cuité vem se mobilizando para reclamar da precariedade da saúde pública da cidade. No Facebook, vários cuiteenses reúne usuários para discutir assuntos pertinentes ao município. A Saúde Pública é um dos temas mais abordados e o Hospital Nossa Senhora das Mercês é um dos estabelecimentos mais apontados pelos internautas.

Entre os comentários há reclamações sobre o atendimento, falta de profissionais e até de equipamentos. “Fui ao médico quinta-feira com cefaléia, aguardei por duas horas por que ele estava em horário de almoço. Depois de muito esperar a enfermeira resolveu chamá-lo e voltou perguntando se eu tinha alguma alergia a medicamento e disse que o médico mandou ela aplicar uma dipirona. Sem ao menos me ver e saber o que estava se passando. Não tomei a medicação!”, reclama a moradora Hyngryd Souza.

Já Dandara Vírginia Machado reclama do atendimento recebido. “Cheguei uma manhã com meu avô com um inchaço no rosto repentino, tontura e dor de cabeça. Depois de esperar até as 9h pelo médico, ele mal o olha na cara, receita a tal dipirona cuida tudo e o manda esperar o rosto desinchar. Podia ser algo muito sério, e se Deus me livre meu avô c 79 anos tivesse morrido por erro médico? (Porque pra mim foi mais que claro que receitou-se a dipirona porque não sabia do que se tratava. Sem falar que eu mesma tive que forrar a cama pro meu avô deitar, senão ele ia deitar no colchão limpo. Essa é a saúde que enchem a boca para falar que é de qualidade? Tô com pena da que não presta.

Hiago Matheus contou a precariedade da saúde pública, “Pois quero contar algo que ocorreu comigo nesse mesmo Hospital, ai eu quero saber quem vai dizer que é mentira, que estou errado. Minha avó aos 73 anos passou mal um certo dia e com urgência mandamos ao Hospital Municipal de Cuité, ao chegar ela precisou de Papel Higiênico, para nossa surpresa não tinha, tivemos que comprar. Surpreso? E o caso dela piorou e por ordem do médico tiveram que transferir para CG, na metade da viagem minha avó veio a óbito. Vai dizer que é mentira minha? Vai dizer que estou criando histórias? Infelizmente EMPREGOS DE PREFEITURA CEGA MUITA GENTE. JÁ VIRAM OS ESCÂNDALOS ENVOLVENDO A SAÚDE DE CUITÉ, E SABE QUEM FORAM OS PROTAGONISTAS DOS ESCÂNDALOS.

Kleber Roberto desabafou com o descaso da saúde pública do município, “Vocês acham que o serviço Oferecido Pelo Hospital Municipal é de Boa Qualidade !! Façam uma Pesquisa em Rádio ou Coloquem uma Urna na Câmera Municipal Pra vocês Verem os resultados !!! Mais Além de Pesquisas eu convido a cada um ir conferir os Serviços! Aquilo é insulto a nossos impostos. Tem Médico lá que acha que é O rei da cocada Preta Mal sabe ele que ele é um funcionário do povo tem que tratar o povo bem e dar seu expediente de trabalho normal !.Hospital e SAMU um no outro não quero volta , minha Vó Precisou do SAMU Até hoje esperamos . Possa ser que um dia eu precise de algum dos 2, Pois Pago meus impostos e tenho todo o direito! Mais pense em 2 serviços que tem que melhorar Muito viu.

Essa semana o descaso da saúde municipal de Cuité, foi destaque a impressa paraibana, vários cuiteense ligaram para o programa Fala Paraíba para denunciar o descaso do poder público municipal com a saúde.

Na Sessão da última segunda-feira (18), os vereadores da bancada da prefeita Euda Fabiana (PMDB), esposa do Deputado Bado Vênancio (PEN), rejeitaram requerimento que solicitava da AGEVISA cópia do Relatório que foi feito pela agência em visita ao Hospital Municipal de Cuité.

O Requerimento buscava informações sobre a real situação do Hospital Municipal de Cuité de acordo com o Relatório da visita da Agência Estadual de Vigilância Sanitária.

Confira as postagens dos internautas nas redes sociais: 





CuitéPBonline

Category:

11 comentários:

  1. Muitos na tentativa de mascarar a catástrofe que é a "saúde" em nosso munício, vão argumentar que não é só aqui, vão citar outros exemplos. Mas é aí que esses "legisladores" se enganam. Não é esse o papel de um vereador. Vereadores existem para justamente fiscalizar, informar a população, e consequentemente tentar encontrar alternativas/resoluções para os problemas que forem encontrados. Mas aqui em Cuité parece que alguns vereadores necessitam de um curso intensivo de legislação. De onde já se viu aqueles que se dizem representantes do povo, votarem contra um requerimento que tem por objetivo otimizar a fiscalização a um serviço público que até que se prove o contrário, está em decadência. E se como eles mesmos dizem por aí que o serviço é bom, então que concordassem com o requerimento. Este é só mais um retrato de uma política de faz de conta. Que tenta mascarar a realidade. Fico indignado e envergonhado enquanto cidadão e eleitor. E minha decepção ainda é maior, pois votei no candidato que se alto intitulava o representante da saúde, mas que foi um dos que votou contra o requerimento.
    E pelos ultimos acontecimentos, acredito que estejam reunidos, esperando alguém elaborar uma nota de esclarecimento para esse disparate. na tentativa de justificar o que não tem justificativa, e enganar o povo, pq acham que o povo é besta.

    Aqui deixo minha indiguinação, e decepção.

    ResponderExcluir
  2. Quem é o representante da saúde na Câmara Municipal? Porque o vereador que vota contra um requerimento desse porte não pode ser considerado representante da saúde. Deve ser representante do partido, grupo político, e salário que recebe. Mas a saúde não representa msm.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João Antônio Lima20 de novembro de 2013 15:04

      O vereador a qual você "Anônimo" se refere, sabemos muito bem que é o vereador Evanilson Almeida, que vem fazendo um ótimo mandato. E saiba que ele não votou contra o requerimento, apenas se absteve de votar!

      Excluir
  3. esse Evanilson não honra o que pregou nos palanques "vereador da saúde". Q vergonha!!
    Na próxima nem peça meu voto e da minha família... Laelson!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Evanilson não votou contra, ele se absteve do voto. No mínimo ficou dividido em realmente querer defender o direito que o povo possui de ter acesso a este relatório e o fato de ser da base da prefeita e ter que seguir os amigos de bancada com seu voto contrário ao requerimento. Creio que seu posicionamento foi humilde, ele mostrou pelo menos que capacho da prefeita ele não é. Lembrando que o mesmo foi o único também a se dispor a procurar informações sobre o caso da gestante que tanto repercutiu. Na minha opinião ele vem sendo sim um representante da saúde, sugeriu sessão especial para tratar do Outubro rosa, assim se fez, foi realizada e, nesta próxima quinta-feira (21), a pedido dele novamente, terá a sessão especial sobre o Novembro azul. Não sou de sua base política mas, da mesma forma que não seria certo acusar qualquer vereador que seja por algo que não condiz, é justo reconhecer a representatividade dele e levar em conta a situação em que ele foi colocado mas, de fato, ele não votou contra, ele se absteve do voto, ou seja, não votou.

    ResponderExcluir
  5. No dicionário consta que ABSTER-SE significa impedir a realização de qualquer atividade, cargo, serviço ou direito. Direito de que ou de quem? Direito do povo de conhecer a VERDADEIRA e REAL situação do hospital .
    O que estamos presenciando é uma grande mudança. O povo não é mais besta.
    O vereador que nos palanques dizia ser representante da saúde se absteve por qual motivo? COVARDIA! Não quer ficar mau na fita com os eleitores, mas também não quer contrariar a prefeita e o ex secretário de saúde.
    Na verdade ele “pega carona” em assuntos gerais, como movimento fica batalhão, outubro rosa, novembro azul, etc. Mas na hora de algo que realmente dependa de sua postura enquanto legislador, ele fica encima do muro.Outubro rosa, novembro azul, batalhão entre outros, são temas importantes , mas que independem de ações dos legisladores municipais. Escolas municipais, hospital, estes são temas que dependem das ações da prefeitura e da câmara municipal. Então não vamos tapar o sol com a peneira. Seu mandato tem apenas duas marcas: omissão a assuntos importantes, e as famosas e desnecessárias moções de aplausos.
    Vereador tem como principal missão fiscalizar a prefeitura e tentar solucionar problemas encontrados. Então seja por qual motivo for, votar contra o requerimento que viria a solicitar uma fiscalização ao hospital vai contra a missão de um vereador, e principalmente vereador que se intitula representante da saúde.
    Até seus próprios colegas agentes de saúde que foram os verdadeiros responsáveis pelos votos que ele teve andam desapontados com sua atual postura. Pois a humildade que dizia ser carro chefe de sua campanha esta um pouco esquecida.
    Também não faço parte de nenhuma base política ou partido, por isso mesmo que a minha análise é feita de forma imparcial.
    Quanto ao citado vereador,, não tenho nada contra nem a favor. Mas representante da saúde ele não é mesmo.

    ResponderExcluir
  6. No palanque se dizia candidato da saúde, que ia defender e lutar pela saúde. Depois que chegou na câmara se abstém a votar em um requerimento que defende a fiscalização do hospital que é dirigido pelo município.
    Já percebemos uma grande diferença do Evanilson candidato para o Evanilson vereador. Ano passado na campanha veio aqui na minha casa pedir voto, agora quando passa pela rua é como se tivesse o rei na barriga.
    Já diz o ditado: quer conhecer uma pessoa, de poder a ela. Mas que poder? Só esta ali pq o povo colocou. E pela insatisfação em massa, esse não passa de um mandato.
    Nem eu nem mais ninguém da minha família vota nele.

    ResponderExcluir
  7. Se se absteve (FALTOU) e sinal de que é fraco; e tem medo e ainda por cima não cumpre com o que prometeu. Se não e capaz de enfrentar a problemática da cidade não se intitule como defensor da saúde; e vou mais além o mês OUTUBRO ROSA foi uma campanha de combate ao câncer de mama do GOVERNO FEDERAL em parceria com todos os estados e municípios. e o senhor Evanilson nem coragem de defender sua categoria a dos ACS tem, protagonizar campanhas que já vem do MINISTÉRIO não e mais do que sua obrigação.

    ResponderExcluir
  8. A posição do vereador evanilson(sic) mostrou a sua subserviência ao poder executivo, como todos os que fazem a bancada da prefeita euda fabiana, só votam naquilo que não pode contrariar seu poder e do seu marido, o ex-prefeito e 1º ministro bado venâncio.

    A maioria dos vereadores da situação tem pessoas da família em cargos de confiança, o que tira a sua independência perante a prefeita, pois, caso votem contra suas ordens ele demitirá os parentes, isto ocorre com Geraldo Leite, que tem a esposa ocupando um cargo de Assessor Especial, Renan Furtado, que tem o irmão dirigindo o Impsec e por aí vai, por isso é que a oposição não emplaca no plenário da Câmara um só requerimento que vise fiscalizar a prefeita, mas eu escutei uma moscar zumbir e ela me disse que houve uma reunião dos vereadores com as lideranças da oposição e eles resolveram mudar de tática, agora vão atacar através de petições ao Promotor de Justiça todas as vezes que tiverem denúncias a fazer ou irregularidades descobertas. Pelo visto vem chumbo grosso para os lados da prefeita, pois a justiça quase todo dia condena prefeitos por fatos que aqui acontece normalmente e nada é denunciado.
    Se os meninos e a menina da oposição agirem assim, de agora em diante eu vou aplaudir e voltar a acreditar neles.
    Todas essas condenações que bado venâncio e sua equipe de malfeitos vem sofrendo hoje foi graças a atuação dos vereadores do passado, Vivi, Péricles Venâncio, Chico Cândido e Valdo das Motos. Aqueles sim, eram verdadeiros Vereadores de Oposição e mereceram os votos que tiveram, mas ainda resta uma esperança dessa garotada atual acordar.

    ResponderExcluir
  9. Caros Conterrâneos
    Os resquícios da ditadura ainda persistem em Cuité. Aqui se você balançar a cabeça concordando com os mandatários, você é abençoado. Caso contrário você é do lado Mal. Eu, pessoalmente não sou nem de um lado e, nem tão pouco do outro. Mesmo assim não deixo de opinar. Não opinando, sou covarde. Se você tem oportunidade de opinar e se abstém, é um ato covarde, que não deveria existir no meio legislativo. Quanto as decepções do legislativo, não só basta ter curso superior. Se fosse assim, teríamos brilho na Câmera, o que não acontece. Vejo pessoas, que poderiam dar um grito contra a impunidade, que concordam com os desmandos.
    Quanto ao Hospital não é de hoje a fedentina e a falta de respeito com os cuiteenses.. Gentil, que não é doutor, disse várias vezes em palanque os desmandos feitos por Antonio Preá. Acredito que não esteja mentindo. Foi verdade, não foi Gentil? A maquiagem é completa. Ande pela Rua Adauto Soares e depois vá ao Tambor, Basílio Fonseca,etc.
    Aqui tudo pode.Vamos esperar um dia que a justiça retire o pano do rosto e veja o que aqui acontece.|Por fim tomem um conselho: não perca seu tempo em ouvir estórias da carochinha lá no castelo da Rua XV de Novembro. Todos são comprometidos com empregos, alugueis exagerados, diárias e outras coisinhas, que só as prestações de contas falam.

    ResponderExcluir
  10. Que os vereadores da situação rejeitariam o requerimento da vereadora Rafaela, não é novidade. Mas Evanilson ter se omitido foi o fim da picada. Nas ruas e redes sociais, já se ouve falar do quanto ele vem mostrando ser incapacitado para exercer o cargo de vereador e a decepção que é seu mandato. Ele não está alí para representar o povo ou a saúde, como dizia na época dos palanques. Sua função maior é fazer o que lhe mandam fazer. Não tem postura autônoma para legislar com categoria. Outro detalhe importante é o fato dele ser Agente Comunitário de Saúde, e estar indo em direção contraria aos princípios da saúde municipal, votando contra um requerimento de suma importância.

    Mas já estamos mobilizando um pequeno movimento de repúdio a essa atitude. E mostrar que da mesma forma que votamos e o colocamos na câmara, também podemos tirar na próxima eleição. Se não tinha e não tem capacidade de representar a saúde, não se denominasse representante.

    ResponderExcluir

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!