Coluna Émyle Farias

Émyle Farias | 16:57 | 5 Comentários

Partilhar

- Canção da Realidade

Por Émyle Farias.

 

Minha Terra tem cinzas
Onde poluições se multiplicam
As aves que aqui repousavam
Já não sei mais onde ficam

Nosso céu tem pouca chuva
Nossa várzea tem menos flores
Nossas ruas tem violência
Nossa vida menos cores

Em cismar, sozinha à noite
Não me atrevo a passear
Minha Terra tem assalto
Onde o medo faz reinar

Não permita Deus que eu morra
Sem que eu veja melhorar
Mais respeito e justiça
Para que possamos sonhar
Em uma Terra bem bonita
Onde canta o Sabiá.

Category:

5 comentários:

  1. Anônimo, plágio é cópia e o texto não se insere neste significado. O poema configura-se como uma paródia crítica!
    Obrigada pela atenção e comentário.

    Ass:Émyle Farias.

    ResponderExcluir
  2. Seja o que for. Valeu. Se todos tivessem o espírito crítico jovial de você, teríamos um mundo certamente melhor. Valeu Émyle. Adoro suas colocações.

    ResponderExcluir
  3. Minha Meca
    Você ainda perde tempo para justificar o que não se deve justificar. Guarde sua inteligência para outros momentos.
    Abraços
    Toff

    ResponderExcluir
  4. valeu Emyle voce é simbolo de sabedoria,. voce é 10

    ResponderExcluir

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!