Dagbaldo Vasconcelos, presidente do PSB de Cuité, fala sobre o momento político no município.

Cuité Pb online | 13:46 | 5 Comentários

Partilhar

Eis o teor, na íntegra, da Nota divulgada nesta manhã de segunda-feira (17/03). 


TEMPO DE LUTAR E DIZER NÃO AOS OPORTUNISTAS
TEMPO DE MANTER E AMPLIAR OS ESPAÇOS CONQUISTADOS

              Todos nós, em nosso cotidiano, somos levados a tomar decisões. E estas decisões sempre deverão ser tomadas, de acordo com a nossa visão de mundo, calcadas em nossos valores, nossos sonhos, enfim, moldadas pelo nosso caráter.  Como vivemos em sociedade, nos cercamos, naturalmente, das pessoas que se aproximam da nossa maneira de pensar e de agir. Como dizia Simund Freud,  "o caráter de um homem é formado pelas pessoas que escolheu para conviver."

              A história da humanidade mostra que existiram homens e mulheres que tomaram decisões árduas e difíceis, em momentos críticos de suas vidas, para preservar um valor fundamental e inalienável, que é dignidade humana. Nenhuma pessoa de bem, que respeita o próximo, deseja se aliar a indivíduos que fazem o mal à sociedade, ao ambiente em que vivem. Nós só conhecemos uma pessoa a fundo quando conhecemos o seu caráter. 

              Cada ser humano toma as decisões que entende necessárias para preservar a sua dignidade e o seu caráter. Por vezes, se indispõe com alguém que tem uma visão contrária à sua, mas assim o faz, por acreditar que o caminho que escolheu a mantém íntegra e fiel aos seus princípios, ao seu caráter.

              Nesse contexto, nos miremos no exemplo do grande estadista americano, Theodore Roosevelt, que assim se expressou, a respeito do tema: "Eu não me importo com o que os outros pensam sobre o que eu faço, mas eu me importo muito com o que eu penso sobre o que eu faço. Isso é caráter." 

              Pois bem, eu e todos os que lêem agora este texto, têm uma visão clara sobre o que queremos para a nossa terra, que redunda em conquistarmos uma qualidade de vida que nos conforte e nos orgulhe, que transforme Cuité numa cidade boa e ideal para se viver, que mude a face do nosso curimataú, despertando o seu grande potencial. Porém, isso só será possível através da adoção de políticas públicas feitas por pessoas que tem compromisso exclusivamente público, e que não façam da política uma maneira de se locupletar e, de sobra, praticar nepotismo, e inúmeras ilegalidades, que afrontam o modelo democrático que todos queremos para o nosso país.

              Ao votarmos e elegermos Ricardo Coutinho, para Governador, em 2010, abriu-se uma grande oportunidade desenvolvimentista para a Paraíba, o que já se concretiza a olhos vistos, com obras e serviços por todos os rincões do nosso estado.

              No Curimataú, conseguimos, por fim, conquistar um lugar na Assembléia Legislativa, através da eleição da companheira Gilma Germano, cujo mandato tem sido dedicado integralmente ao povo desta região. Em nosso município, particularmente, destacamos a sua ação política para garantir as obras de recapeamento da PB 177, acesso à UFCG, construção da Escola Técnica Estadual, pavimentação da Ladeira da Serra do Bombocadinho, reforma de Escolas, aquisição de ônibus escolares, viaturas policiais, entre outras. No próximo mês de abril, o nosso Governador virá, pessoalmente, e na companhia de nossas lideranças e da Deputada Gilma, dará a ordem de serviço para construção do asfalto ligando o trevo da BR 230 ao vizinho município de Sossego, bem como anunciará a construção do açude Boqueirão do Japi, uma grande aspiração de todos nós, habitantes do Curimataú.

              A eleição da companheira Gilma Germano, além de haver garantido a conquista de um espaço político importante para a região, serviu também para acabar com uma coisa ridícula, uma picuinha idiota e absurda, que era aquela “guerra” entre Cuité e Picuí, uma coisa que só interessa ao grupo do atraso, que faz o PMDB de Cuité, pois não tem discurso, e utiliza-se deste tema como seu cavalo de batalha.

              Reestimular essa disputa tola, por quem quer que seja, nesse momento, só irá contribuir para desmantelar um modelo de conquista de espaços políticos importantes que vem sendo consolidado a cada dia. 

              Falo aqui por mim e por inúmeras pessoas ligadas à oposição política em nossa querida Cuité, com as quais tenho conversado recentemente. Todos são unânimes em afirmar que não nos interessa qualquer aproximação política com o grupo do PMDB de Cuité, pois o nosso modo de compreender a política é totalmente distinto do praticado por aqueles, tanto no plano municipal quando no estadual. E isso fica bastante claro, ao compararmos as práticas e os comportamentos verificados em nosso cotidiano.

              Destarte, elogios falsos, meneios e arapucas não nos atraírão para o abismo. Quem é oposição deve honrar as suas trincheiras e defendê-las. Lutarei com todas as forças pela permanência do modelo de reconstrução de espaços políticos, iniciado em nossa região, com as eleições de Ricardo Coutinho e Gilma Germano. Sou oposição ao PMDB de Cuité, e sempre serei, enquanto esse grupo praticar o modelo político mesquinho e atrasado que vem praticando há longos anos.  
              Ao final, peço vênia, para concluir estes comentários, com uma frase do grande advogado Abraham Lincoln que, após muita luta, tornou-se presidente dos Estados Unidos da América. Disse ele, certa vez: "O caráter é como uma árvore e a reputação como sua sombra. A sombra é o que nós pensamos dela; a árvore é a coisa real."

              A todos e a todas, meu fraternal abraço.

DAGBALDO VASCONCELOS
Presidente Municipal do PSB

Category: ,

5 comentários:

  1. Vejo que Dagbaldo vasconcelos é muito apaixonado por Picuí e neste infeliz comentario ele derruba um pouco do que o ilustrissimo Tárcio Pessoa lider politico do nosso municipio.Um deputado para cuite é muito melhor doque um deputado para picui e Tárcio sim tem votos para ser um deputado, visto sua grande administração a frente do epreender so concordo com Dagbaldo na parte que ele fala que naão é certo unir-se ao PMDB isso sim é certo agora dizer que Gilma Germano tem lutado por cuité é ridiculo pois tudo que Cuité vem conseguindo é por força de Tárcio Pessoa.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com vc Dabgaldo, tbm sou e sempre serei oposição ao PMDB de Cuité, não tenho menor interesse em uma possível coligação nesse sentido, meu modo de entender/compreender política vai totalmente de encontro ao que o PMDB de Cuité pratica.

    ResponderExcluir
  3. Nem Tárcio nem Dagbaldo tem votos, os votos são da opsição, seja quem for o candidato.

    Acredito que as obras estão chegando aqui por força do Governador, que está trabalhando em toda a Paraíba, não é por conta de Tárcio, tão pouco por conta da deputada de Picuí.

    ResponderExcluir
  4. Dagbaldo,

    Discordo .... seus argumentos são fracos e sim, é por essas e outras que a oposição sempre foi oposição. Quando aparece um querendo fotalecer a cidade os dinossauros o "podam", continuem assim e nunca verão Cuité voltar ser a princesa do Curimtaú.

    ResponderExcluir
  5. Onde está escrito que Picuí não pode ter uma Deputada Estadual ou mesmo um Deputado Federal? Onde está escrito que Picui não pode ter o 9º Batalhão de Polícia Militar? Onde está escrito que não podemos ter a Agência do Banco do Nordeste, a Casa da Cidadania e tantos outros órgãos governamentais? Ora por favor "caros comentaristas" , Picui é cidade pólo e tem que lutar pelo seu desenvolvimento, não há pecado algum nisso.
    Não esqueçamos que Picui já ajudou politicamente muito Cuité elegendo em épocas não tão remotas os respectivos deputados Zé Pereira e Dr. Medeiros, que diga-se de passagem arrasaram Picui levando quase tudo pra o alto da Serra.caso esteja faltando com a verdade provem-me o contrário por meio de fatos históricos e não de dircursos vazios desprovidos de argumentos sólido.

    ResponderExcluir

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!