TSE nega mais um recurso a Genival Matias e mantém posse de Dunga na Assembleia

Cuité Pb online | 19:25 | 4 Comentários

Partilhar


O Tribunal Superior Eleitoral recusou mais um recurso do deputado estadual Genival Matias (PT do B). Ele pediu efeito suspensivo da decisão do próprio TSE, que indeferiu o pedido de desitência de ação encaminhado pelo candidato Oswando Venâncio dos Santos Filho (o Bado), do mandato de deputado estadual.

A intenção de Bado era que o TSE não recontasse os seus votos, mantendo decisão anterior que o considerava inelegível, por força da Lei Ficha Limpa. Com isso, o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) não faria a retotalização dos votos e modificaria, consequentemente, o quociente eleitoral das eleições passadas. O maior prejudicado seria o segundo suplente, Carlos Dunga (PTB), que não poderia assumir o mandato.

Com indeferimento do novo recurso pelo TSE, Genival Matias continua sob a ameaça de perder o mandato para Carlos Dunga, já que Bado foi afastado da ação e o novo quociente beneficia diretamente o candidato do PTB. O TRE-PB alega que espera comunicado oficial do TSE para a retotalização dos votos e deve divulgar nos próximos dias o novo resultado.

Antes de tomar posse como ministra efetiva do TSE, a advogada Luciana Lóssio, em decisão mocrática, indeferiu a ação cautelar do deputado Genival Matias. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eleitoral desta quarta-feira (27).

Os autores relataram que, antes da publicação do acórdão do TSE, o então relator levou a julgamento, em sessão seguinte, o próprio recurso ordinário objeto da desistência, ocasião em que foi provido o recurso para deferir o registro de candidatura de Osvaldo Venâncio, circunstância que alterou o quociente eleitoral, suprimindo a vaga atualmente ocupada por Genival Matias.

Alegaram ainda que "a esfera jurídica dos Genival e Bado será atingida de forma direta pela decisão proferida no caso dos autos, o que revela a sua legitimidade para intervir não mais como assistente, mas como terceiros prejudicados".

A ministra Luciana Lóssio entendeu que o deputado estadual Genival Matias de Oliveira foi admitido na condição de assistente simples da ação, em que figura como recorrente o candidato Osvaldo Venâncio dos Santos Filho, cujo pedido de desistência recursal foi rejeitado. Ela ainda aponta que os interessados não recorreram da decisão de Versiani, que negou a desistência de Bado

Category:

4 comentários:

  1. Uma coisa tem me deixado curioso nesse imblógio todo: Por que Bado, uma cara brigador na justiça até as últimas consequências, iria desistir de uma suplência de deputado estadual assim se mais nem menos, em favor de um candidato de outra região?????

    O que vocês acham disso, não é um fato curioso? Sei não, hein, aí tem coisa estranha, não??????

    Quem souber a razão, por favor se pronuncie.

    ResponderExcluir
  2. EITA BIXICA TABOCA ESTE BADO NE BRINGUEDO NÃO AMIGO LE RESPONDENDO ACIMA MENCIONADO A SUA INDAGAÇÃO E O SEGUINTE MOÇO O BADO ATÉ CANDIDATO A PAPA ELE QUER SER POIS MANDOU SUAS CREDENCIAIS PARA ROMA COM SUAS FOTOS VESTIDO DE PAPA E TUDO MAIS KKKKKKKKKKKKKKK MEU COMPADRE BADO RECEBEU FOI ALGO EM TROCA DISSO VC NÇAO ACHA NÃO VELHINHO MEUS AMIGOS PELO AMOR DE DEUS ACORDA CUITEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE ACORDA MESMO CUITE O NEPOTISMO NINGUEM FALA MAIS E ACORDA CUITEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE EITA DANADO MOÇO MEUS IRMÃOS CUITENSES QUANDO VCS ACORDAREM DESTE SONO SERA TARDE DEMAIS ACORDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA CUITEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

    ResponderExcluir
  3. É, Anônimo, você tem razão, Bado não bate prego sem estopa. O homem é político profissional e sobrevive dos cargos políticos que ocupa há mais de 20 anos, ele e grande parte de seus familiares e dos familiares da sua esposa. Para comprovar isso basta olhar a folha de pessoal da prefeitura, no site do TCE-PB que comprovamos.

    Tanto é verdade que ele faz o possível e o impossível para que a administração municipal não saia do seu comando, pois todos nós sabemos que se ele perder a prefeitura de Cuité não tem profissão para ganhar o pão de cada dia, diferente de seus adversários políticos que são todos profissionais realizados e vivem muito bem, independente de ser governo ou oposição. Por exemplo: Dr. Jaime Pereira, é médico conceituado em toda a Paraíba há mais de 30 anos; Tárcio Pessoa, é advogado e administrador de empresas, atualmente ocupando um importante cargo no governo estadual; Dr. Diego Cândido, médico e funcionário federal; Dr. Cícero Cândido, advogado e promotor de justiça, que, mesmo afastado da política nos últimos ano, tem um peso grande no bloco político da oposição; Dr. Dagbaldo, advogado e bioquímico; Gracinha Almeida, funcionária pública estadual; enfim, é um longa lista de pessoas que perdem uma eleição após a outra para Bado, mas continuam firmes em suas profissões tocando a vida sem problemas.

    Já o cumpade Bado é diferente, se perder a prefeitura de Cuité vai fazer o quê na vida????

    É por isso que ele fez o possível e o impossível(mais o impossível) para ganhar as eleições nos últimos 20 anos e se manter no comando da administração municipal.E vai ficar muito tempo ainda, porque ele montou um esquema dentro da prefeitura que jamais será derrotado no voto.

    É uma espécie de Lula cuiteense KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKk

    ResponderExcluir
  4. Só sei de uma coisa : Bado é Bado e o resto é conversa fiada, esse sim é o verdadeiro política do Curimataú.

    Vida longa a Bado, o homem que tirou Cuité do atraso!

    ResponderExcluir

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!