Professora do Curimataú recebe Prêmio do “3º Concurso Aprender e Ensinar Tecnologia Social”.

Cuité Pb online | 11:05 | 0 Comentários

Partilhar

Na última sexta-feira (15), a professora Gleicimere Silva Oliveira da EEEFM José Luiz Neto de Barra de Santa Rosa vinculada a 4ª Gerência Regional de Educação, recebeu a premiação do 3º Concurso Aprender e Ensinar Tecnologia Social, promovido pela Fundação Banco do Brasil e Revista Fórum. A solenidade de entrega dos prêmios ocorreu na Gerência Regional de Gestão de Pessoas do Banco do Brasil, em João Pessoa. O evento contou com autoridades representativas da Secretaria de Educação do Estado da Paraíba e dos municípios que tiveram escolas contempladas.

O concurso nacional é realizado a cada dois anos e busca fomentar o debate entre professores e estudantes sobre o uso de tecnologias sociais na educação e em projetos de desenvolvimento local. É direcionado a professores da Educação Básica que atuam na rede pública de ensino, Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia e Escolas Técnicas.

O concurso contou 4.698 inscritos, sendo 1.412 professores da Região Nordeste, 82 do Estado da Paraíba. No Brasil são 65 finalistas, sendo dois do Estado da Paraíba. Os professores premiados são de escolas estaduais dos seus respectivos municípios e cada um receberá um tablet, um troféu e uma assinatura anual da Revista Fórum, além de participar do Encontro dos Finalistas em Brasília DF. Os seis melhores trabalhos, vencedores da Etapa Nacional, irão participar do Fórum Social Mundial 2013 na Tunísia.

A professora Gleicimere que atua na EEEFM José Luiz Neto no município de Barra de Santa Rosa afirmou: os alunos em grupos produziram cartinhas solicitando empenho do gestor municipal para em uma ação coletiva pudéssemos resolver ou até mesmo atenuar a situação de preservação dos mananciais de água que abastecem o Município de Barra de Santa Rosa.

O professor Monassés, outro paraibano finalista  que ensina na Escola Estadual Monsenhor Vicente Freitas em Pombal PB, disse: Participamos com o projeto denominado Nossa Caatinga de Cada Dia, que trata da conservação e aproximação de grupos de aluno com a conservação e sustentabilidade do bioma da caatinga de modo a criar uma concepção de ética e preservação, transformando o indivíduo num ser capaz de conviver com o meio ambiente preservado e que possa passar esse conhecimento e exemplo para outras pessoas da comunidade.

Category:

0 Comentários

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!