Coluna Émyle Farias

Émyle Farias | 21:46 | 3 Comentários

Partilhar



 Nas durezas do Sertão.

 Por Émyle Farias



A seca no Nordeste
Castiga todas as formas de vida
Animais estão morrendo
Por falta de água e comida.

Sobre o solo seco e cinzento
O gado procura em vão
A estiagem levou tudo
Secou o açude. Destruiu a plantação.

Água, fonte de vida!
Com esperança, clama o cidadão
Que vive a simplicidade
Nas durezas do sertão.
 
Aos gestores competentes
Um apelo verdadeiro
Realizem Ações efetivas
No Nordeste Brasileiro.

Category:

3 comentários:

  1. A seca transforma a realidade do sertão ainda mais difícil de ser vivida. Os políticos precisam investir em medidas que minimizem os efeitos da falta de chuva, ao invés de fazer festa com trio elétrico, deixando no esquecimento os problemas, atrasos e ausências que a população sofre a cada dia.

    ResponderExcluir
  2. A muito tempo não se via um cenário tão seco e triste.
    Os sertanejos desaprenderam a lidar com essa seguidão
    Um país tão rico de água e tão pobre de Idéias e boa vontade.
    A transposição do velho Chico ou canalização como queira
    já podia ter acontecido. Mas, o grande problema é que cada
    estado trabalha só.
    Falta a união de todos em torno de um problema comum.
    Se cada governador canalizasse em seu estado como uma tricheira,
    logo,logo todos estariam abastecido. Aquí no Rio Grande do Norte
    houve um período que o Governador Garibaldi Alves canalizou água para as cidades
    que não tem água suficiente em seus lençois freáticos e /ou a água é salobra, amenizando
    o grande problema de falta d'água. tanto em cidades como no campo.
    Só não foi perfeito porque faltou um projeto paralelo de Cistenas nas casas das pessoas que não tem como adquirir com recursos próprios.

    ResponderExcluir
  3. O problema do nordeste brasileiro é que ainda seu povo não aprendeu a votar. para provar isto a Assembleia da Paraíba fez um turismo para ver se a seca existia mesmo no território paraibano.
    Outro problema sério é a indústria que se monta com a fábrica da seca.
    Afinal no dia que nós 'DOR DESTINOS" livrarmos do restante deste brasilzinho, nós iremos caminhar com nosso próprios pés. A seca passará a ser um atenuante dos tempos, com em diversos países da África. Mas, para isso teremos que banir politiqueiros, que fazem profissão como as famílias imperiais.

    ResponderExcluir

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!