Festa da padroeira de Cuité não terá mais show's e bebidas alcoólicas

Cuité Pb online | 22:18 | 23 Comentários

Partilhar

É o que determina o bispo de Campina Grande, Manoel Delson Pereira, o bispo proibiu a comercialização de bebidas alcoólicas nas festas profanas da cidade de Campina Grande, como também nos festejos de outras 62 paróquias entre os municípios de Monteiro e Cuité.

Segundo determinação do bispo, só é permitida apenas a venda de sucos de frutas e refrigerantes nas festividades. Nem mesmo a comercialização de vinho será permitida nas festas profanas.

Se essa ordem for cumprida aqui em Cuité, será extinta a tradicional festa de Nossa Senhora das Mercês, festa que proporciona o encontro dos filhos da terra e que nesse período vem a Cuité rever os parentes e amigos.

O Blog entrará em contato com o Pároco de Cuité, Padre Luciano Guedes para saber como será aceita essa determinação na paróquia de Nossa Senhora das Mercês.

Por Flávio Fernandes com de olho no curimataú

Category:

23 comentários:

  1. Na minha paróquia que faz parte da Diocese de Patos ja foi determinada essa proibição tbm e por enquanto esta tudo tranquilo,claro que caiu um pouco mais a fé continua...

    ResponderExcluir
  2. Graças a Deus que apareceu um real filho de Deus para proibí os escândalos que se chamava de festas religiosas. parabéns bisco continue assim.

    ResponderExcluir
  3. A festa tem dois momentos: primeiro, as pessoas devem participar do lado religioso, frequentando missas, colocando a sua vida espiritual em dia e a segunda, saber se divertir na festa, como outrora, levando sua famílias, se encontrando com os amigos e filhos da terra que tempo não se viam e nada de errado tomar algo(bebida) para, muitas vezes esquentar o frio ou tomar coragem de falar com uma paquera. Não vejo nada de errado mas, se isso ocorrer(proibição), com certeza, irar afastar muita gente.
    Edcleber

    ResponderExcluir
  4. Xaaau festa da padroeira!

    ResponderExcluir
  5. Não sou católico, mas acho uma ideia digna de elogios. Parabéns pela iniciativa do religioso. Penso que não necessariamente só se comemora algo usando bebidas alcoólicas.

    ResponderExcluir
  6. sou um catolico e parabenizo o bispo por essa proibiçao. Pq festa de forro e mais com bebida alcolica nao é de Deus,vendem bebidas alcolicas,cigarro para as pessoas cada vez mais se viciarem e tambem rolam brigas. A festa da padroeira deveria ser um show com alguma banda ou cantores catolicos, e que vendessem só refrigerante, essa é que é a festa de deus. Se deus quiser vao proibir em todas as igrejas do brasil. Nao existe isso que a igreja é santa e nós somos pecadores olha o exemplo das igreja protestantes, eles respeitam, so é a igreja catolica querer.Entao parabens bispo, pq vc é um homem de deus é pensa na sauvaçao das pessoas e em um mundo sem vicio de bebidas alcolicas.

    ResponderExcluir
  7. Não vejo problema nenhum em festas e bebidas, o primeiro milagre de Jesus foi transformar água em vinho para que a festa não acabasse!!!

    ResponderExcluir
  8. Era uma vez uma Cidade animada no setembro #
    enterro o turismo que tinha aqui parabéns bispo , pra ajudar com alguma coisa num aparece ...
    :@

    ResponderExcluir
  9. NAS 93 PARÓQUIAS DE JOÃO PESSOA-PB-ARQUIDIOCESE DA PARAÍBA, TAMBÉM NÃO HÁ FESTAS PROFANAS COM BEBIDAS ALCOÓLICAS NEM BANDAS QUE NÃO EVANGELIZEM. AS FESTAS SÃO UM SUCESSO, TEM CALMARIA, PROPAGA A PAZ DO SENHOR, ALEGRA A TODOS COM A ALEGRIA DO ESPÍRITO SANTO. NA CIDADE DE CUITÉ, PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DAS MERCÊS VAI SER MARAVILHOSA E LINDA! E QUEM PERSEVERÁ ATÉ O FIM, VENCERÁ - PALAVRA DA SALVAÇÃO.
    PARABÉNS AO BISPO DOM MANOEL DELSON PEREIRA QUE TOMOU ESSA DECISÃO!

    ResponderExcluir
  10. Edcleber, me descupe mas se a garota a ser paquerada se agradar do "bafo" de cachaça é o fim dos tempos.

    ResponderExcluir
  11. Até que enfim alguem tomou vergonha na cara e acabou com essa contradição: um culto a Deus, ou aos santos, e ao mesmo tempo o uso de bebidas, prostituição, drogas. Pelo amor de Deus, acorda minha gente.
    meditem neste versículo:
    Mateus 6:24 - Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro.

    ResponderExcluir
  12. Resumindo a festa acabou.

    ResponderExcluir
  13. Gente desde q me conheço por gente q ia as festas q tinha da padroeira ai em Cuité com seu pavilhaõ e lindas garçnetes..Bebidas sempre teve bebe quem quer acredito q aproibiçaõ naõ va fazer os Cuiteences serem mais santos..Assim ele vai proibir os festejos juninos tbem??Pq ai sim tem muito arrasta pé e muita bebida..Manda o bispo procurar cuidar melhor dos problemas q existem na comunidade,em vez de proibir bebidas e shol..Ele ta igual Geyse Arruda querendo aparecer..isso sim.

    ResponderExcluir
  14. Antes tarde do que nunca!!! Que festa de santo é essa que se comemora com bebedeira, prostituição e drogas....

    ResponderExcluir
  15. sou católico, mas acho uma ideia digna de elogios. Parabéns pela iniciativa do religioso. Penso que não necessariamente só se comemora algo usando bebidas alcoólicas.

    ResponderExcluir
  16. Mesmo não sendo católico, acredito que essa iniciativa é positiva e parabenizo essa iniciativa.

    ResponderExcluir
  17. Bem gostaria primeiramente de elogiar e apoiar a inciativa do Bispo, em sua determinação de proibir a venda de bebidas alcoólicas e as "festas profanas", já que acho um absurdo a própria igreja católica, vender as senhas e organizar as festas e também vender as bebidas alcoólicas, com isso ele vai perdendo mais e mais seus valores, já que é visto apenas o lucro financeiro, lucro esse obtido dessa maneira pelas festas e venda de bebidas!Outro ponto importantíssimo é o de que muitos que se dizem fieis e católicos, citaram a cima em comentários serem contras essa determinação e dizem que a festa acabou, então são como muitos que não comemoram a festa para Nossa Senhora das Merces e sim veem como uma oportunidade de rever amigos, beber e ir a festas! Era necessário que muitos revessem seus princípios quanto a religião que acreditam e nem acreditam nos valores por ela pregados!

    ResponderExcluir
  18. Não tenho religião, gosto de festas, mas tb ñ consigo entender a igreja com festas profana, e qd é no outro dia o sermão do padre é recriminando, alcolismo, drogas e prostituição, td que acabará de acontecer ao lado da igreja, acho um pouco hipocrita da parte dele, mas como tds sabemos igreja é comércio, o que vale é a contribuição que tds deixamos pra paróquia...

    Wilka Geane

    ResponderExcluir
  19. concordo plenamente com o bispo,se a festa é em homenagem a nossa senhora tem que ser completamente religiosa.no palco só grupos tocando músicas religiosas.

    ResponderExcluir
  20. nao consigo enteder pq? Se a festa é para nossa senhora! Pq uma festa profana? com drogas? bebidas alcoolicas? e prostituiçao? A obra de Deus nao é para viciar as pessoas e sim incentivar elas cada vez mais sobre Deus. Por isso o nosso bispo esta certo em proibir bebidas alcolicas nessa festa que tem alcool, e drogas que leva o nome de festa de padroeira.

    ResponderExcluir
  21. paraben´s bispo pela iniciativa. deve ser proibido sim. afesta profana ao redor da igreja é muito ridículo só serve para os traficantes enriquecerem cada vez mais. Estive participando de festas de padroeiro pelo estado de Goias, e lál´ não acontece essas coisas erradas não. Essas coisas sóacontece em cidades do nordeste. Espero q seja cumprida a decisão do bispo ai sim vou voltar a participar das festas da padroeira com muito amor no coração!

    ResponderExcluir
  22. ISSO E OTIMO PRA FAZER FESTA NAO PRESCISA DE TER BEBIDA PRINCIPALMENTE UMA FESTA COMO ESSA O QUE TEM QUE TER MESMO E FE.

    ResponderExcluir
  23. As pessoas já bebem sem motivo durante o ano todo, não precisam que a bebedeira seja promovida pela Igreja. Parabéns Dom Delson!!!
    É muito triste ver que pra muitas pessoas a alegria de uma festa não pode ser obtida sem o uso de substâncias entorpecentes. A alegria do Senhor é nossa força.

    ResponderExcluir

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!