Policiais da delegacia de Cuité prende foragido

Cuité Pb online | 15:48 | 0 Comentários

Partilhar

No dia de ontem (23.05.2012), após uma ligação anônima, o Comissário de Polícia Beto Barbosa e o escrivão Péricles Filgueira, policiais civis da delegacia de Cuité/PB, se dirigiram ao município de Nova Floresta/PB com o intuito de apurar informações sobre o paradeiro de José Aparecido da Silva (vulgo “Zuza”) um dos dois custodiados no CDP (Centro de Detenção Provisória) de São Paulo do Potengi no Rio Grande do Norte que empreenderam fuga no ultimo sábado (18.05.2012) as 03h00min da madrugada.

Após investigações o foragido foi localizado, e algumas campanas foram realizadas em locais suspeitos de abrigarem o fugitivo. Contudo, após diligências empreendidas, os policiais tiveram a certeza de que ele se encontrava sozinho, dentro de um domicílio pertencente a familiares, sendo localizado no interior da residência. O “Zuza” foi encontrado assistindo televisão e não teve oportunidade de reagir à prisão.

Conduzido para a delegacia de Nova Floresta, para realizar os procedimentos policiais de costume, o mesmo ficou custodiado provisoriamente no local até ser conduzido novamente para o Centro de Detenção de São Paulo do Potengi RN no dia 24 de maio de 2012 pelos policiais que o capturaram.

Segundo informações colhidas em jornais de grande circulação no RN e blogs especializados em assuntos policiais da região, José Aparecido responde pelo crime ocorrido no dia 09 de abril deste ano no município de brejinho/RN. O moto-taxista Washington Luís Barbosa (35 anos) foi executado dentro de sua casa enquanto dormia. O crime foi encomendado por sua esposa, Alzenira Tomas da Silva Barbosa (32), a Jose Aparecido (suposto amante), que com auxilio de Wanderson da Silva Souza (vulgo “migo”) e um menor de 16 anos mataram o moto-taxista com golpes de foice e facadas.

Segundo o delegado Everaldo Fonseca, o crime foi encomendado pelo valor de cinco mil reais. “Na tarde de ontem ela deu a quantia de mil reais de adiantamento, depois transferiu mais três mil reais para a conta bancária do amante e acertou a entrega de mais mil reais logo após o crime”.
Segundo o próprio José Aparecido, em relato à policia de Cuité/PB, ele cavou a parede da cela com o outro foragido por três dias e que ficaram mais três dias escondidos dentro da zona rural de São Paulo do Potengi/RN, quando pegou um transporte alternativo e veio se esconder na casa de sua mãe em Nova Floresta. A mãe do fugitivo demonstrou grande surpresa quando foi comunicada sua prisão. Para ela o foragido contou que tinha se envolvido numa briga e que tinha vindo se esconder em sua casa porque estava ameaçado de morte, não contando nada sobre a sua prisão.

Todos os acusados deste crime se encontram presos aguardando o julgamento. O outro fugitivo Pedro Dino da Silva (que não possui relação com o assassinato do moto-taxista) até o momento não foi localizado.

Ascom

Category:

0 Comentários

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!