Aumenta para 5 cidades que cancelam festas juninas por causa da seca

Cuité Pb online | 13:30 | 0 Comentários

Partilhar


Já somam cinco as cidades paraibanas que tiveram as festas de São João canceladas devido a seca. Além de Maturéia, Paulista, Ouro Velho e Caturité, o prefeito de Teixeira também anunciou o cancelamento das festividades juninas.

O motivo é a seca que, segundo dados do Governo do Estado, assola mais de 190 municípios paraibanos. Nesta sexta-feira (11), o Governo Dilma Rousseff reconheceu a situação de emergência em 170 municípios paraibanos.

O tema gerou polêmica esta semana, já que alguns gestores pensam que a população ficará contra sua administração em pleno ano eleitoral.

 Na última quinta-feira (10), o governador Ricardo Coutinho (PSB) se reuniu com a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior e pediu R$ 500 milhões para projetos contra seca. Segundo Coutinho, a estiagem já atinge 90% do território paraibano. O socialista antecipou os investimentos emergenciais:

"Noventa por cento do território paraibano está sendo castigado pela estiagem, com perspectiva de seca que dura nove meses. Consegui R$ 2,117 milhões para comprar palmas, construir cisternas, barreiros e sistemas de abastecimento d´água. Mas precisamos de R$ 10 milhões, que já fui atrás do Banco do Nordeste para conseguir", finalizou.

Maturéia
Corte de 30% no salário do prefeito, corte de gratificações, proibição do pagamento de férias, diárias, etc. Estas foram algumas das medidas adotadas pelo prefeito Daniel Dantas, de Maturéia, cidade localizada no Sertão da Paraíba, para poder conviver com os efeitos da seca.

Daniel Dantas disse que também suspendeu a realização do Festival do Frio que estava previsto para ser realizado no próximo mês de junho, na cidade. "Não pode existir festa com sede e fome", explicou.

O prefeito explicou que as medidas vão gerar uma economia em torno de R$ 300 mil, recursos que serão aplicados na contratação de mais carros-pipa para abastecer a população, além da ampliação do programa de distribuição de alimentos.

As medidas não têm um prazo previsto para terminar. Daniel Dantas disse que elas serão adotadas até que a situação seja amenizada através do próprio clima, ou ainda pelo envio de recursos através do governo federal.

Ouro Velho
O prefeito de Ouro Velho, Inácio Júnior, suspendeu a festa de São João do município. O cancelamento dos festejos juninos se deu por conta da seca que atinge todo o município e região.

Ouro Velho decretou Estado de Emergência em razão da escassez de chuva. Agricultores já chegaram a vender mais de 60% do rebanho de bovinos, caprinos e ovinos.

O prefeito Inácio Júnior justifica a decisão devido a necessidade da realização de ações para minimizar os efeitos da seca.

“Ficam suspensas as festividades juninas ou qualquer atividade comemorativa promovida com recursos públicos municipais no âmbito de toda a Administração Pública Municipal durante o período em que o município se encontrar em situação de emergência”, diz o prefeito.

“É uma festa importante, mas seria uma incoerência promover uma festa para comemorar diante desta seca que assombra a população. Lamentamos a situação, mas temos que administrar com responsabilidade”, pontuou o prefeito.

A festa do São João de Ouro Velho aconteceria nos dias 15, 16 e 17 de junho em praça pública e tinha como uma das atrações confirmadas o cantor Alcymar Monteiro.

Paulista
A Prefeitura de Paulista decidiu suspender a realização das festividades do São João Antecipado 2012. A decisão foi tomada devido ao estado de emergência em que se encontra o município ocasionado pela forte estiagem que atinge a região Nordeste e que se faz de forma muito grave na Paraíba e ainda mais forte no sertão do estado.

O prefeito Severino Pereira Dantas já havia decretado a situação de emergência na sexta-feira (4) e, com a confirmação publicada no DOE na terça-feira (8), através de Decreto do Governador Ricardo Coutinho, ficou praticamente inviável a realização de festas patrocinadas com recursos públicos, pois o munícipio, assim como os demais atigidos pela seca, enfrentará em um período muito difícil e precisará economizar ao máximo para poder atender as necessidades que este tipo de situação propicia.

Caturité
Na sexta-feira (11), o prefeito de Caturité, José Gervásio da Cruz (Zé João), reuniu sua equipe de auxiliares e decidiu cancelar os festejos juninos no mês de junho. No último dia 2, o prefeito decretou situação de emergência através do Decreto 315/2012 que busca apoio do governo estadual e federal no combate à seca.

O decreto justifica-se com a constatação da irregularidade das chuvas causando prejuízo nas culturas de subsistência, principalmente o milho e feijão, considerando ainda a necessidade de recursos do governo do estado e do governo federal.

Diante das dificuldades enfrentadas o prefeito preferiu reverter os investimentos do São João em abastecimento de água através de carro pipa, perfuração e limpeza de poços artesianos e transporte de bagaço de cana de açúcar para os criadores do município.

Teixeira
O prefeito de Teixeira, Wenceslau Marques decretou estado de emergência no município por conta do prolongado período de estiagem e cancelou as festividades juninas na cidade, que estava para acontecer entre os dias 23, 24 e 25 de junho de 2012.

Wenceslau Marques se reuniu nesta sexta-feira (11) com alguns secretários e tomou a decisão. Para o gestor, é inconcebível a realização de festas, mesmo sendo consideradas tradicionais no município, em um período tão crucial que atualmente passa a população da região Nordeste.

Do Portal Correio

Category:

0 Comentários

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!