Sindicatos de agricultores se reúnem em Barra de Santa Rosa

Cuité Pb online | 12:19 | 0 Comentários

Partilhar

Sindicatos de agricultores se reúnem em Barra de Santa Rosa para criação do polo Sindical do Curimataú

Diretores de diversos sindicatos dos trabalhadores rurais da região do Curimataú paraibano se reuniram na última Sexta-feira (13/04) no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra de Santa Rosa com o objetivo de discutir a criação do Pólo Sindical do Curimataú.

Para o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT Paraíba), Luiz Silva, o evento tem fundamental importância para o fortalecimento da luta sindical e da agricultura familiar na região do Curimataú que integrada ao movimento dos diversos Pólos que estão sendo criados em todo o estado fortalecerá as ações e políticas públicas em toda a Paraíba. “Veja a importância dos trabalhadores rurais e os sindicatos dos trabalhadores rurais desta região como está acontecendo em todo o estado onde estamos com um olhar e estamos compreendendo que ações como a questão da seca, questão da violência e da segurança no meio rural não podem ser resolvidas só apenas com um município, porque até o estado se estrutura por região: é a terceira companhia, a quarta companhia, a comarca em vários municípios e nos sindicatos também é preciso se reunir em pólos, se organizar para que conjuntamente vários municípios numa região que tenha a mesma identidade possa então resolver”, explica aquela liderança ao dialogar com os ouvintes do Programa Domingo Rural na manhã deste domingo via Rádio Serrana de Araruna, Rádio Cultura de São José do Egito e Rádio Bonsucesso de Pombal.

Everaldo Andrade da Costa é presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cuité, participou do encontro e do Domingo Rural, disse ser ação eficiente que está sendo possível graças ao empenho de diversos sindicatos e do apoio desempenhado pela Central Única dos Trabalhadores que se articula em todo o estado e que com a união de todos fará uma verdadeira teia organizada em toda a Paraíba fazendo com que os municípios e as microrregiões dialoguem com suas ações. “Acho que isso é ótimo porque isso é uma necessidade da nossa agricultura familiar aqui da região do Curimataú, e acho que é uma necessidade porque é aqui onde a gente vai estar trocando nossas experiências, nossos tipos de trabalhos que agente já desenvolve em cada um sindicato em que já desenvolve com políticas públicas e outros estão ainda iniciando, mas acho que esse momento da criação do pólo sindical é justamente onde a gente vai doando com nossa parceria aqueles companheiros que necessitam dessa união do nosso movimento sindical”, relata Everaldo Andrade.

Francisco de Assis Macedo, Chico Menino, é presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Nova Floresta, participante do encontro e do Domingo Rural falou sobre a expectativa que já se cria em toda aquela região por parte das lideranças sindicais que passarão a ter discussões em suas bases, ampliarão para o Polo Sindical, multiplicarão na luta dentro da Federação dos Trabalhadores e globalizarão na Confederação dos Trabalhadores num contexto amplo no âmbito nacional.  “Eu acho que mais do que nunca a gente não pode mais viver isoladamente num mundo globalizado, você veja que os empresários se reúnem conjuntamente, o agronegócio que procura unir forças, então entendemos que se unirmos nossas forças poderemos fortalecer a nossa capacidade de organização e esse fortalecimento vale a partir do momento em que a gente fala uma linguagem só, em que a gente esteja juntos, apoiando um companheiro, dando um suporte a outro e construindo as públicas de forma regional”, explica aquele diretor sindical ao falar com nossa equipe e nossos ouvintes.

“Isso é uma experiência que já existe no nosso estado e nós só tem a fortificar o nosso, tanto é bom pra nossas bases dos trabalhadores e trabalhadoras como vem facilitar também o trabalho de nós sindicalistas que não ficamos fazendo um trabalho isolado”, explica o diretor presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra de Santa Rosa, José Santos da Silva, Dedé, ao dialogar com nossa equipe jornalística, citando as experiências exitosas desenvolvidas pelo Polo Sindical da Borborema que fez parte do encontro através de uma equipe que fez uma ampla exposição sobre o trabalho desenvolvido na Borborema.

A região é formada pelos sindicatos de trabalhadores rurais de Barra de Santa Rosa, Damião, Cacimba de Dentro, Baraúnas, Frei Martinho, Nova palmeira, Nova Floresta, Pedra Lavrada, Picuí, Cuité e Sossego.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Category:

0 Comentários

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!