.

População interdita a BR 104 pedindo providências

Cuité Pb online | 18:12 | 1 Comentários

Partilhar

População interdita a BR 104 pedindo providências urgentes para conserto da ponte entre as cidades de Lagoa Seca/PB e Lagoa de Roça/PB


Revoltada a população junto com Motorista de carros alternativos empresas de ônibus e todos que usam a BR 104 que está interditada há vários dias causando um enorme prejuízo a todas as cidades do Brejo Paraibano colocaram pneus e seus carros interditando o trevo que da acesso as cidades de Alagoa Nova, Matinhas, e que estava sendo usado para da acesso as cidades de Esperança e região.
A equipe do Andrade Notícias esteve no local e viu a revolta de todos que depende da BR para trabalhar, o que mais se falava no local foi que isso é uma vergonha para todo o brejo Paraibano uma BR que passa milhares de veículos esta fechada há dias e ate o dia de hoje sem nenhuma providencia.

As emissoras tanto da Tv Paraíba como Tv Borborema já fizeram diversas entrevistas com os responsaveis pela reforma na BR-104, e os mesmos ficam dando várias desculpas por não ter iniciado a reforma, vale salientar que quanto mais se demora para iniciar mais chance tem da ponte vir a baixo. Tem que levar em conta que está BR é uma importante via de acesso ao Brejo e o Curimataú,além de ser caminho para o estado do Rio Grande do Norte e muitos comerciantes e cidades dependerem dos motoristas e turistas que passam por ela. Deveria haver maior fiscalização de barragens e açudes para que no futuro isto não ocorra e existisse dinheiro em caixa para realizar a reforma de forma mais urgente  aproveitando o período de trégua das chuvas. 

Veja situação que se encontra a Ponte.
7ª D.R.P.C- PICUÍ



Category:

Um comentário:

  1. Claro que é falta de governo, no atendimento urgente as vítimas das chuvas, mas isso todo mundo já sabia;

    ResponderExcluir

Deixe aqui registrada a sua opinião, este é um espaço aberto ao debate!
A sua identificação é bem vinda!
Acima de tudo RESPEITO às opiniões!

Participe e volte sempre!